Como saber o melhor momento para trocar de LMS?

Início » LMS e LXP » Como saber o melhor momento para trocar de LMS?

Em algum momento, será que você já pensou em atualizar seu software e suas plataformas por aquelas mais modernas e eficazes? Mas como fazer isso e ter a garantia de uma transição tranquila de uma plataforma já em uso para uma nova? Para entender melhor esta dinâmica e descobrir o melhor momento para trocar de LMS, siga a leitura de nosso artigo! Vamos lá?

Quando chegou a hora de trocar de LMS?

Você deve estar se perguntando: como saber qual o momento para trocar de LMS? Ou ainda: quais os indícios de que é o momento de trocar de LMS?

Bom, o primeiro passo é:

  1. Entender o quão alinhados os colaboradores estão às metas da empresa;
  2. Analisar as principais tendências da área de T&D;
  3. Definir a capacidade de executá-las e avaliá-las constantemente.

Isso porque precisam sempre estar garantidos os níveis de capacitação e os meios de acompanhar a evolução da empresa.

Mas, como sabemos, nem todos os sistemas possibilitam esse tipo de acompanhamento, não é?

Por isso, algumas plataformas podem se tornar defasadas em relação aos novos desafios do mercado, o que nos traz às razões importantes para trocar de LMS:

Dificuldade na integração entre sistemas

Nem todos os sistemas LMS disponibilizam as ferramentas digitais necessárias para integração com os sistemas utilizados na empresa. Isso não é nada bom!

O motivo? Sem uma integração eficaz, pode gerar um alto impacto negativo na operacionalização dos programas de treinamento.

Desse modo, utilizar plataformas integradas significa otimizar processos, diminuir erros e retrabalho, ter indicadores confiáveis e em tempo real, permitir focar em estratégias e evolução dos programas de treinamento.

Por isso, não pule esta etapa durante suas análises iniciais!

A plataforma possui poucas possibilidades de personalização

É meio óbvio o fato de que um sistema LMS mais antigo e engessado costuma ter poucas opções de personalização, não é?

Uma plataforma atual certamente conseguirá fazer a leitura dos acessos dos colaboradores e utilizar o histórico para fazer recomendação de conteúdos personalizados.

A plataforma não é otimizada para celular

Um sistema de treinamento on-line liberta seus colaboradores do sistema tradicional de treinamentos presenciais, permitindo-lhes montar sua capacitação no seu próprio ritmo.

Mas, para conseguir explorar plenamente essa liberdade, seu novo LMS precisa ser otimizado para dispositivos móveis – para que então seus colaboradores possam utilizá-lo a qualquer hora do dia e em qualquer lugar.

Baixa produtividade

Uma das principais funções do treinamento é transformar o aprendizado em performance, certo?

Um treinamento que funciona, forma colaboradores com um melhor domínio e nível de desempenho em suas tarefas.

Caso a incidência de erros e retrabalhos seja elevada, se há demora para o cumprimento das funções, ou se certos desafios não são superados, é evidente que os programas de treinamento estão pecando para cumprir suas metas, não acha?

Mas o que levar em consideração na análise de troca?

O que levar em consideração na análise de troca?

O principal sinal de alerta deve ser: sua empresa se encaixa em algum dos tópicos que citamos acima?

Então você tem um sinal claro de que os processos de desenvolvimento de equipes precisam ser revistos.

Mas existem alguns outros requisitos que devem ser analisados para determinar quando trocar de LMS:

A eficácia dos treinamentos

Quando você pensa em trocar de LMS, deve lembrar que a eficácia dos treinamentos deve ser feita por meio de indicadores precisos.

Ou seja, indicadores capazes de apontar quais são as principais carências e pontos assertivos do sistema de treinamento, para que ele seja aprimorado em relação aos métodos, abordagens e ferramentas digitais utilizadas.

Sua plataforma atual já faz isso?

O plano de desenvolvimento

Aqui, é importante analisar as competências e soft skills a serem trabalhadas no PDI, bem como os objetivos da organização e os detalhes orçamentários.

Assim, o RH poderá traçar um planejamento de ações que dê prioridade às demandas mais relevantes de aprimoramento para o negócio. Essencial, não é?

As necessidades profissionais

Aqui neste ponto, você deve se atentar aos conhecimentos necessários para cada cargo e função, a constância das reciclagens e a disponibilidade das aprendizagens exigidas para as rotinas dos colaboradores.

Ou seja, você deve ter domínio sobre todas essas exigências e dispor de uma ferramenta adaptável à realidade da sua empresa.

Então você já sabe: é imprescindível implementar uma excelente plataforma modular de educação corporativa.

O que procurar em um novo LMS?

Sua empresa utiliza uma plataforma LMS antiga e desatualizada, porém, deseja começar a busca por uma

opção melhor? Confira abaixo o que verificar para trocar de LMS:

  • Capacidade de análise de dados necessária para insights de big data;
  • Conferir se as métricas são apresentadas de forma atraente;
  • Verificar os indicadores de engajamento, progresso e sucesso;
  • Fomentar a visão sobre a experiência de aprendizagem dos alunos, especialmente o grau de exposição necessário para um resultado bem-sucedido.

Acho que até aqui ficou claro o que deve ser o foco na procura por um novo LMS durante o processo de substituição de sua antiga plataforma, mas como conseguir trocar de LMS sem enfrentar tantos problemas?

Te explicamos abaixo, olha só!

Dicas para uma troca de LMS tranquila

Identifique claramente os problemas que motivam suas empresa a trocar de LMS

Antes de trocar de plataforma, é muito importante refletir e identificar a real necessidade que motivou a troca de sistema, tudo bem?

Essa é a melhor forma de encontrar a plataforma certa e evitar arrependimentos.

Descreva as expectativas para o novo LMS ou LXP

Tendo os problemas identificados, torna-se necessário descrever o que se espera do novo LMS. O que a antiga plataforma deixava a desejar? O que você espera que o novo LMS entregue?

Identifique os principais desafios técnicos e faça uma análise de viabilidade

Aqui, deve-se avaliar se a troca de plataforma é viável tecnicamente, bem como você conseguirá lidar com os seus futuros desafios.

Faça um planejamento para a migração de dados ao trocar de LMS

Esta é uma das questões mais críticas para análise quando se pensa em trocar de uma plataforma LMS para outra.

O ideal talvez seja contratar uma equipe para atender às suas dúvidas relacionadas à migração.

Entenda as limitações e exclusões da transição ao trocar de LMS

Durante esse processo de transição é elementar compreender as limitações e exclusões do novo sistema que será adotado.

É muito bom que as novidades venham para somar, mas você não quer perder nada do seu progresso até aqui, não é mesmo?

Por que trocar de LMS e adquirir uma plataforma LXP?

Na Keeps, nosso principal produto, o Konquest, é uma plataforma LMS ou LXP, ou seja, você tem a oportunidade de lidar com a escolha que melhor converse com as necessidades da sua empresa, não é ótimo?

Mas veja aqui algumas dos pontos pelos quais talvez seja válido apostar em uma plataforma LXP:

Protagonismo do Colaborador

Se você decidir trocar de LMS por um LXP, o colaborador pode definir seu processo de capacitação e tem maior liberdade para escolher os conteúdos a serem consumidos.

Menos tempo para de implementação

Na LXP já existe uma ferramenta de autoria que ajuda o analista a ser muito mais produtivo, sendo que o tempo para criação e gestão dos cursos é inferior, se comparado com os tradicionais LMS de mercado.

Análise de dados com Learning Analytics

Uma plataforma LXP procura basicamente fazer a gestão e análise de uma enorme base de dados gerada a partir das interações dos usuários com a plataforma, utilizando o Learning Analytics.

Mas se você ainda não está convencido sobre a melhor forma de dar o seu primeiro passo para trocar de LMS:

Troque seu LMS por uma escolha segura: a LXP da Keeps!

Konquest é um módulo LMS ou LXP de ensino personalizável e sofisticado, voltado à Educação Corporativa.

Tem por objetivo promover um ambiente de aprendizagem ágil e digital que simplifica a criação de cursos e estimula o engajamento e realização de trilhas e cursos digitais pelos seus colaboradores.

Quanto à estrutura de ensino, existem três maneiras de capacitar:

  • Konquest Cursos: este recurso permite a criação de jornadas de capacitação com 05 opções disponíveis:
    • Cursos totalmente digitais com objetos de ensino de qualquer formato;
    • Cursos externos quem direcionam o colaborador para realizar treinamentos digitais em outras plataformas de capacitação;
    • Cursos importados utilizando o pacote Scorm;
    • Gestão de cursos presenciais e lives.

  • Konquest Pílulas do Conhecimento: essa modalidade estimula o aprendizado constante em uma biblioteca virtual de fácil acesso, onde o colaborador pode pesquisar e encontrar conteúdos conforme a sua necessidade de capacitação.

  • Konquest Trilhas: responsável por agrupar e direcionar o colaborador na sequência dos cursos e pílulas de conhecimento importantes para o seu programa de treinamento, criando inclusive jornadas híbridas de capacitação.

Quer saber mais? Agende um teste grátis ou fale com um dos nossos especialistas!

Perguntas frequentes sobre quando trocar de LMS:

Qual o melhor momento para trocar de LMS?

O momento ideal é quando a empresa conseguir entender o quão alinhados os profissionais estão às suas metas, analisar as principais tendências da área de T&D, além de executá-las e avaliá-las constantemente para que garantam um nível de capacitação capaz de acompanhar o crescimento da organização será mais simples, como através de uma plataforma LXP.

O que analisar quando for trocar de LMS?

– Capacidade de análise de dados necessária para insights de big data;
– Conferir se as métricas são apresentadas de forma atraente;
– Verificar os indicadores de engajamento, progresso e sucesso;
– Fomentar a visão sobre a experiência de aprendizagem dos alunos, especialmente o grau de exposição necessário para um resultado bem-sucedido.

Rangel Torrezan
CEO da Keeps, graduado em Ciências da Computação com MBA pela FGV. Possui mais de 25 anos de experiência em Desenvolvimento de Softwares, especialista em tecnologias e há 6 anos empreendendo na área de educação, atuando nos estudos e aplicações práticas de Inteligência Artificial e Big Data.
Continue sua pesquisa
Pesquisar

Está com alguma dúvida? ENTRE EM CONTATO COM A GENTE!

Relacionados

Converse com nossos especialistas

Descubra como nossa plataforma pode transformar sua equipe e impulsionar o crescimento da sua empresa. Agende agora uma demonstração exclusiva e veja como podemos lhe ajudar: