Princípio de Pareto: saiba o que é e como aplicar na sua empresa
Início » Gestão de Projetos » Princípio de Pareto: saiba o que é e como aplicar na sua empresa

Sem tempo para ler?

Embora as inovações tecnológicas tenham ofertado diversas vantagens para o mercado de trabalho contemporâneo, também proporcionou que colaboradores fossem capazes de desenvolver várias atividades ao mesmo tempo. Isso às vezes acarreta desatenções que acabam por influenciar na eficiência e na produção desses colaboradores. Nesse momento o Princípio de Pareto adquire ainda mais importância.

O motivo? O Princípio de Pareto permite uma percepção relativa à desigualdade existente entre causas e efeitos, empenhos e consequências, para que sejam mapeadas táticas que permitam gerir o tempo conforme a pertinência das demandas.

Princípio de Pareto: saiba o que é e como aplicar na sua empresa

Continue lendo e descubra como aplicar o Princípio de Pareto na sua empresa!

O que é o Princípio de Pareto?

Princípio de Pareto, também chamado de regra do 80/20, é um recurso aplicado por inúmeras empresas ao redor do mundo.

É um conceito que pode ser aplicado em ocasiões diversas, pois serve para que as organizações reconheçam quais setores e procedimentos podem apresentar conflitos, sempre partindo da avaliação de que 20% dos esforços geram 80% dos resultados.

O que é o Princípio de Pareto?

Nessas circunstâncias, fica mais fácil saber onde as operações e as táticas devem focar de modo que as atividades entregues ofertem resultados assertivos e favoráveis.

Na rotina laboral, às vezes o excesso de atividades pode não dar vez às táticas, por isso o Princípio de Pareto ajuda na organização cotidiana de afazeres, por ser um método assertivo que identifica obrigação deve ser priorizada.

Quem criou o Princípio de Pareto?

A regra do 80/20, ou seja, o Princípio de Pareto, foi desenvolvido pelo sociólogo Vilfredo Pareto, em meados do século XIX, após realizar pesquisas e análises referentes ao meio do qual fazia parte, percebendo com clareza o fato de que muitos indivíduos conquistavam pouco e poucos conquistavam muito.

Quem criou o Princípio de Pareto?

Essa equação desiquilibrada ajudou o também economista na percepção de que os indivíduos fazem parte de dois conjuntos na dimensão 80/20, onde 80% das fortunas estão concentrar em 20% da sociedade.

Assim o Princípio de Pareto foi desenvolvido e, posteriormente, passou a ser contemplado por empresas como ferramenta para gerenciar a relevância das atividades a serem priorizadas e o tempo gasto em cada uma delas, sempre buscando resultados positivos.

Modelo de Canvas

Como aplicar o Princípio de Pareto

Como fazer o Princípio de Pareto funcionar na sua empresa? Essa é uma ferramenta que poder ser implementada tanto em grandes como pequenas organizações, com foco no aprimoramento de processos, resultados e demais questões internas, haja vista sua flexibilidade nas aplicações.

Apesar disso, todas essas aplicações têm como direção o mesmo foco: aumentar a celeridade, eleger as atividades e determinar os processos e atuações para as organizações entenderem o que de fato entregará os resultados almejados.

Mas como fazer isso acontecer? Abaixo, explicamos:

Examine seu período de trabalho no Princípio de Pareto

Em alguns momentos, pode ser que o colaborador seja acometido pelo sentimento de não ter conseguido completar suas demandas dentro daquele dia. Quando isso acontece, a solução é para e buscar identificar qual tarefa está tomando mais tempo e se ela é de fato prioritária e trará a produtividade esperada para a função que ocupa, para toda a equipe ou a empresa em geral.

Saiba quando negar

Não são poucas as ocasiões nas quais as tarefas ficam pendentes por conta de serviços existentes em outras áreas ou serviços de outros colaboradores. Para que esse tipo de situação seja solucionado, deve-se saber quando negar aquilo que não for tão imediato e que não for compromisso seu. Isso é necessário porque, dessa forma, não há excesso de trabalho e o tempo é organizado para concluir aquilo que efetivamente trará conclusões.

Determine objetivos

A definição de objetivos é a primeira etapa para conseguir entender os caminhos por onde ir e alcançar as metas almejadas. Quando os objetivos são estabelecidos, as principalidades são melhor identificadas e podem ser cumpridas antes das tarefas secundárias. Com a implementação do Princípio de Pareto, em torno de 20% das atividades serão consideradas principais e, portanto, 80% poderão ser deixadas em segundo plano.

Estabeleça metas

O estabelecimento de metas é uma das estratégias essenciais quando sua intenção é oferecer um desfecho concreto e verificável. Nesse caso, podem ser estipuladas metas que se encaixem às suas demandas e ajustes, independentemente de serem diários, semanais ou mensais. Com tudo organizado, é mais fácil compreender e verificar se os propósitos estão sendo cumpridos.

Transfira atividades

Não são todos os colaboradores que entendem que algumas das atividades que realiza podem ser repassadas a outro colega com o intuito de permitir que gaste menos tempo em determinada tarefa. Mas por que fazer isso?

O colega de trabalho às vezes possui mais destreza dentro daquele contexto. E como saber isso? Através de avaliações realizadas regularmente e que permitem analisar o tempo despendido em cada atividade.

Meios de ampliar sua produtividade com o Princípio de Pareto

Como conseguir utilizar o Princípio de Pareto e ampliar a produtividade na sua empresa? Existem algumas implementações simples que você pode implementar, por exemplo:

Meios de ampliar sua produtividade com o Princípio de Pareto

Aplique a matriz de priorização

Matriz de priorização é um método gráfico de representação utilizado na definição de prioridades, ou seja, é capaz de oferecer a interpretação objetiva e clara do que você deve concluir logo no início dentro do seu checklist.

A matriz é alicerçada por etapas como: urgência, importância e disposição.

Sintetize os relatórios

Elaborar relatórios muito grandes podem embaralhar as informações, portanto, o Princípio de Pareto pode ser utilizado também na sua montagem, acrescentando apenas referências consideradas importantes.

Diminua as reuniões

Quando as reuniões são muito extensas, aqueles que dela participam logo ficam exaustos e dispersos. Por essa razão, tente realizar reuniões mais rápidas e focadas para que o resultado almejado logo seja alcançado.

Conclusão

Atingir 80% dos resultados com 20% de trabalho não significa que houve menos dedicação naquela entrega. Deve haver muita organização, disciplina e foco para que o Princípio de Pareto seja aplicado com eficácia.

Você já utiliza esse método na sua empresa? Quais os resultados?

Gostou desse conteúdo?

Então visite o nosso Blog e fique por dentro dos assuntos mais relevantes sobre ferramentas de análises e demais métodos de trabalho eficazes e atuais.

Aproveite para conhecer o que a Keeps tem a oferecer dentro do Go Learning, nossa Universidade Corporativa, e descubra como evoluir nos processos de capacitação e mensuração de resultados, através desse movimento colaborativo social de especialistas em T&D e RH que criaram um ecossistema de conhecimento rico com cursos, webinars, podcasts, livros, ebooks, entre outros objetos educacionais.

Contato

Relacionados