Assessment: o que é, para que serve e principais tipos
Início » Indicadores Organizacionais » Assessment: o que é, para que serve e principais tipos

Sem tempo para ler?

Ser gestor de uma empresa não é um cargo de desempenho fácil, especialmente porque, junto à responsabilidade de mapear táticas que tragam êxito para a organização, é necessário que saiba usufruir e compartilhar de toda a produtividade entregue pelos seus colaboradores. Mas como fazer isso? Através de metodologias que auxiliem na avaliação e controle de desempenho. Um dos meios de fazer isso é via Assessment.

A intenção do Assessment é estruturar as performances dos colaboradores, analisando seu engajamento e as dificuldades para contribuir na eficácia dos processos. Com a implementação dessa metodologia é possível viabilizar, por exemplo, qual vaga melhor se encaixa para determinada pessoa e o que pode ser aperfeiçoado dentro das vagas existentes. O Assessment procura aprimorar o rendimento do time e entender quais as escolhas mais corretas a serem feitas.

Assessment: o que é, para que serve e principais tipos

O que é o Assessment?

Assessment é um termo em inglês que pode ser literalmente traduzido como “avaliação”.

Educação Corporativa

Seu conceito procura deixar claro o quanto é importante dar atenção às habilidades e performances individuais de cada colaborador da empresa, visando identificar os pontos mais complicados de serem analisados através de instrumentos particulares, sejam eles ações coletivas, avaliações ou demais metodologias dentro desse contexto.

O Assessment tem ocupado cada vez mais espaço dentro do ambiente organizacional, pois permite que o setor de Recursos Humanos da empresa consiga se desenvolver e demonstrar a capacidade de assimilar e utilizar as aptidões dos colaboradores de modo que atuem nas funções destinadas conforme o esperado.

Durante os processos de seleção e recrutamento, o desempenho de um candidato não deve ser baseado apenas nas informações que constam no seu currículo, pois tudo aquilo que ali consta não exatamente demonstra a forma como o trabalho será conduzido, cujo efeito pode sempre ser muito mais positivo quando realizado. A proposta do Assessment, portanto, é se aprofundar além do que pode estar exposto no currículo.

Para que serve o Assessment?

Aplicando os instrumentos apropriados ao Assessment, tanto o setor de RH quanto os líderes da empresa conseguem realizar uma análise mais eficaz acerca dos seus colaboradores, identificando se de fato estão aptos a executar as atribuições referentes ao cargo que ocupa. Com isso, a gestão de pessoas é aprimorada.

A função do Assessment, portanto, é possibilitar que a empresa defina quais são as qualidades e competências de todos os seus colaboradores, e esteja atenta em relação a quais habilidades e detalhes podem alterar e aprimorar seus desempenhos.

O Assessment pode ser aplicado tanto em um programa de seleção e recrutamento, quanto nos momentos de promoção, realocação etc.

Benefícios do Assessment

O Assessment oferece uma série de vantagens para a empresa, tanto direta quanto indiretamente. Abaixo, as que consideramos mais importantes e fáceis de serem viabilizadas:

Educação Corporativa
Benefícios do Assessment

Ajuste entre os colaboradores e suas funções

A meta mais importante do processo de Assessment é permitir que haja uma comunicação sem ruídos entre o colaborador e a função quem irá desempenhar. Como isso acontece?

Com a utilização de variados instrumentos, o Assessment procura interpretar o que cada função impõe ao colaborador e quais as qualidades e aptidões que cada um possui.

Esse procedimento faz com que seja menos complicado encontrar o perfil ideal para o preenchimento das vagas disponibilizadas, tanto no que diz respeito aos colaboradores recém-contratados quanto para ascensão de quem já faz parte da organização.

Conseguir nivelar os propósitos da empresa aos dos seus colaboradores também é algo examinado nesse momento, o que entrega vantagens para os dois lados.

Incentivo e engajamento das equipes

Sabemos que colaboradores realizados com o cargo que ocupam e as atividades que executam são aqueles mais incentivados e engajados dentro das equipes.

Essa realização acontece quando os colaboradores têm ciência daquilo que desejam e sabem os caminhos para evoluir na empresa, que por sua vez deve preparar um ambiente organizacional favorável para que isso aconteça.

Com o Assessment todos esses instrumentos são examinados de forma mais acentuada e as ações são melhores direcionadas.

Isso ajuda o RH a saber de tudo o que acontece e então corresponder às demandas individuais de cada um.

Desse modo, a empresa mantém seus colaboradores satisfeitos, incentivados e engajados em relação a todos os processos organizacionais.

Otimização do desenvolvimento e inovação

Partindo do que expusemos acima, observamos que, quando o colaborador está realizado em relação às suas ocupações a empresa acabe alcançando um desenvolvimento maior.

Dito isso, os colaboradores conseguem ter mais independência para desenvolver sistemas de trabalho inovadores e implementar alguns avanços nas demandas rotineiras.

Com o Assessment, a empresa passa a ser um local conveniente e propício para a implementação de melhorias e possibilidades de se destacar em meio à concorrência.

Essa melhoria da empresa ajuda no desenvolvimento das carreiras dos colaboradores e permite que o sucesso aos poucos aconteça, abrindo espaço para o progresso profissional.

Quais são os tipos de Assessment?

Devido à variedade de instrumentos que oferta, o Assessment entrega diversas opções. Classificar esse método por tipo é uma forma de delimitá-lo. O Assessment apresenta três tipos:

Assessment Pessoal

Quais são os tipos de Assessment?
Assessment Pessoal

Esse tipo de Assessment tem como foco analisar o caráter dos funcionários e mapear suas habilidades, atitudes e aptidões.

Realizando esse levantamento, o RH é capaz de definir se determinado colaborador está executando uma função que se conecta ao seu caráter ou se deve desempenhar outra função na qual seja mais produtivo.

O papel do Assessment aqui é conseguir reorganizar o quadro de colaboradores da empresa de modo que estejam alinhados às suas aptidões, podendo então expandir a competência desses colaboradores, beneficiando tanto a eles quanto à empresa.

Assessment Cultural

Quais são os tipos de Assessment?
Assessment Cultural

O Assessment Cultural vai além das aptidões técnicas, passando pelos princípios, essências e concepções da empresa.

Com essa consciência, o colaborador e a empresa conseguem saber se existe conexão entre o indivíduo e rotina da organização e se possui habilidade para seguir motivado no desempenho de suas funções por um período longo.

Esse tipo de Assessment é bastante útil, especialmente para auxiliar o RH durante os processos de recrutamento e seleção, permitindo uma escolha mais acertada quanto aos colaboradores que se conectem mais aos valores organizacionais.

Assessment para Desempenho

Quais são os tipos de Assessment?
Assessment Para Desempenho

Nesse tipo de Assessment, o que fica em questão é a eficiência do colaborador e sua performance na equipe.

Todavia, alguns consideram que esse modelo de Assessment apresenta algumas adversidades, pois não leva em conta as singularidades dos colaboradores, sendo que tais características são relevantes e ditam a atuação e entrega dos resultados dos colaboradores.

O recomendado, por fim, é não dar voz apenas a um tipo de Assessment, mas utilizá-los como complementos um do outro para forma um inteiro eficaz para a empresa.

Avaliação de Desempenho com Learning Analytics

O Learning Analytics é a principal ferramenta para Avaliações de Desempenho na Educação Corporativa. Logo, é também um dos grandes diferenciais do Konquest, a Plataforma LXP da Keeps.

Seja no Assessment, na Avaliação de Desempenho dos colaboradores em determinado curso ou treinamento, o Learning Analytics é um instrumento de relevância para você Gestor.

Solicite uma Demonstração Gratuita do Konquest.

Sobre Assessment, as pessoas também perguntam:

O que significa Assessment?

O Assessment é um método cada vez mais utilizado pelas empresas, sobretudo por conta da sua capacidade de se aprofundar na identificação de performances e na análise comportamental de cada colaborador da empresa individualmente.

Quais são os principais tipos de Assessment?

Alguns tipos de Assessment são considerados mais importantes e devem ser aplicados conjuntamente, de modo a se complementarem. São eles:
Assessment cultural: ajuda no recrutamento de pessoas que se adaptem à cultura e aos valores da empresa, de modo que todos estejam alinhados e possam ser beneficiados.
Assessment de desempenho: aqui o que importa é se o colaborador está sendo produtivo. Porém, esse modelo ignora outros aspectos fundamentais, motivo pelo qual não deve ser aplicado isoladamente.
Assessment pessoal: o foco é no entendimento das características individuais de cada colaborador, tanto em relação ao seu comportamento quanto em relação às suas habilidades intelectuais.

LXP

Alguma dúvida?​

Preencha os campos abaixo e pergunte a um especialista:

Relacionados