keeps logo
Desenvolvendo e impulsionando conhecimento

Bard: primeiras impressões sobre o ‘Chat-GPT do Google’

Início » Tecnologias Educacionais » Bard: primeiras impressões sobre o ‘Chat-GPT do Google’

Hoje pela manhã, tão logo vi a notícia de que o Google lançou o Bard no Brasil, sua versão concorrente do popular Chat-GPT, quis me aventurar para testar os recursos e compartilhar minhas primeiras impressões sobre a ferramenta. Então vamos lá:

Bard x Chat-GPT: vantagens e desvantagens

Começando pelo que não foi tão bom, a primeira coisa a dizer sobre o Bard é que ao longo das primeiras horas de teste eu encontrei mais respostas imprecisas do que gostaria, comparando com a minha experiência utilizando o Chat-GPT desde o final de 2022. 

Também pode ser uma questão pessoal, mas acho que o estilo mais prolixo do Chat-GPT pode oferecer melhores insumos para conteúdos mais densos, ainda que precisem de uma boa revisão para não ficarem “inchados” ou com erros. 

O Bard, durante os primeiros testes, passou a impressão de ser consistentemente mais objetivo e sucinto nas informações fornecidas. No entanto, mesmo quando o objetivo foi uma resposta mais estruturada, o Chat-GPT se saiu melhor na minha opinião.

Impacto na produtividade

Por exemplo, imaginando que eu seja um Designer Instrucional cujo objetivo é elaborar um roteiro de treinamento sobre o tema Comunicação Assertiva. Vamos aos prints:

Bard:

Resposta do Bard sobre como elaborar um roteiro de treinamento - parte 1
Resposta do Bard sobre como elaborar um roteiro de treinamento - parte 2
Resposta do Bard sobre como elaborar um roteiro de treinamento - parte 3

Agora a resposta completa do Chat-GPT:

Resposta do Chat-GPT sobre como elaborar um roteiro de treinamento - parte 1
Resposta do Chat-GPT sobre como elaborar um roteiro de treinamento - parte 2
Resposta do Chat-GPT sobre como elaborar um roteiro de treinamento - parte 3

Apesar do excesso de imagens, acredito que seja a melhor maneira de expor o que estou querendo passar aqui. Além disso, preciso deixar claro que não sou Designer Instrucional e nem especialista em Comunicação Assertiva. 

O meu ponto é apresentar de que formas cada ferramenta fez sugestões para uma mesma pergunta. Acho que isso ficou evidente e é importante, pois em última análise pode determinar o potencial que o Bard vai ter de largada para aumentar a produtividade de diversas atividades corporativas, como o Chat-GPT já vem fazendo. 

Bard 0 X 1 Chat-GPT 

Recursos e funcionalidades

Agora, falando sobre recursos e funcionalidades, dois pontos me chamaram atenção:

  1. A possibilidade de pesquisar por comando de voz 
Comando de voz da nova ferramenta do Google
  1. A geração automática de 3 rascunhos para cada resposta
gerador de rascunhos do Bard

Bard 2 x 1 Chat-GPT

Atualização de dados

Talvez o ponto mais favorável ao Bard seja a sua capacidade de fornecer respostas atualizadas, sobre acontecimentos recentes ou eventos que estejam ocorrendo. Quando penso nos clientes da Keeps, por exemplo, que atuam nas áreas de T&D e RH, o processo de evolução do setor e das tecnologias facilitadoras foi gigantesco nos últimos anos, sobretudo a partir da pandemia de Covid-19, que colocou o mundo em isolamento e acelerou a tendência de digitalização do trabalho (e da capacitação). 

Nesse sentido, só pelo fato do Bard fornecer informações em tempo real, enquanto a base de dados do Chat-GPT é limitada até 2021, preciso dizer:

Bard 3 X Chat-GPT 1

Mas para ilustrar o que estou falando, veja na imagem abaixo um exemplo onde perguntei sobre o ConcaRH 2023, que é o maior congresso de RH do sul do Brasil e está acontecendo em Florianópolis entre 13 e 14 de Julho:

Resposta do Bard sobre a data do evento ConcaRH 2023

Continuando a pesquisa, perguntei ao Bard se conseguiria listar alguns dos palestrantes do ConcaRH 2023: 

Resposta do Bard sobre quem são os palestrantes do ConcaRH 2023

Como a Keeps está com um stand no ConcaRH 2023, eu já sabia previamente sobre a data do evento. Mas, sobre os palestrantes fui dar um fact checking no site oficial do evento: 

Palestrantes do ConcaRH 2023

Fonte: https://www.concarh.com.br/palestrantes/ 

O sobrenome da primeira palestrante não confere com o da imagem, o que aparentemente é uma imprecisão. Mas vale destacar que o Bard listou corretamente todos os outros 42 palestrantes do evento. Sem sombra de dúvidas, estar conectado à internet é uma vantagem competitiva para o Bard, ainda mais sendo uma ferramenta do Google. 

Conclusões sobre o lançamento do Bard

Esse detalhe do Bard ser uma ferramenta do Google é o que me leva a concluir que mais cedo ou mais tarde o Bard vai prevalecer, pois acredito que o Google é o favorito para ganhar a corrida de Inteligência Artificial de maneira mais ampla.  

No entanto, como consumidor e produtor de conteúdo, estou inclinado a pensar que o Chat-GPT ainda pode ser mais útil para ganhar produtividade em curto prazo, pensando em uma rotina corporativa. 

Mas se você quer saber como pode utilizar o Bard na Educação Corporativa, leia nosso artigo sobre o tema.

Seguimos acompanhando e em breve estaremos lançando novos conteúdos sobre o tema aqui no Blog do T&D

Rangel Torrezan
CEO da Keeps, graduado em Ciências da Computação com MBA pela FGV. Possui mais de 25 anos de experiência em Desenvolvimento de Softwares, especialista em tecnologias e há 6 anos empreendendo na área de educação, atuando nos estudos e aplicações práticas de Inteligência Artificial e Big Data.
Continue sua pesquisa
Pesquisar

Está com alguma dúvida? ENTRE EM CONTATO COM A GENTE!

Relacionados

Converse com nossos especialistas

Descubra como nossa plataforma pode transformar sua equipe e impulsionar o crescimento da sua empresa. Agende agora uma demonstração exclusiva e veja como podemos lhe ajudar: