Entre em contato: +55 (48) 99169-2112

O que é Canvas? Veja para que serve e como utilizar no planejamento estratégico da sua empresa

 Por: |  Publicado em 22/02/2019 |  Atualizado em 06/11/2020 |  Tempo de leitura 8 minutos

O modelo Canvas, ou Business Model Canvas, é uma ferramenta extremamente difundida a nível mundial, sobretudo, entre os empreendedores. No princípio, contudo, o Canvas era mais utilizado empresários do mercado de alto impacto.

Foi a eficiência e aplicabilidade do método que o fez cada vez mais ganhar espaço em outras áreas de atuação. É o caso de Treinamento e Desenvolvimento (T&D), onde o Canvas pode ser parte assertiva da estruturação do Design Instrucional.

Com relação à gestão de pessoas, o método Canvas é uma ferramenta valiosa, visto que as ações de Treinamento e Desenvolvimento são bastante complexas e abrangentes. Nesse sentido, o ponto de partida é que os profissionais de T&D não devem atuar somente como tomadores de pedidos.

É necessário pensar além da operação dos programas de treinamento e trazer esses profissionais (Analista de T&D, DI, etc.) para as atividades de planejamento estratégico. Isto é, desde a etapa de concepção do treinamento até a operação, mensuração e apresentação de resultados.

Neste post, veremos como a metodologia Canvas é excelente recurso no planejamento estratégico de ações de T&D. Vamos esclarecer o que é Canvas, como e quando usar o Canvas e qual é o mais indicado para obter os melhores resultados em ações de Treinamento e Desenvolvimento (T&D).

Tudo de maneira visual e colaborativa, em conjunto com a sua equipe. Confira!

O que é Canvas?

O Business Model Canvas, mais conhecido como Canvas, é uma ferramenta imensamente utilizada para elaboração de modelos de negócio. Entretanto, esse modelo simples, visual e eficiente, vem expandindo cada vez mais os horizontes de utilização.

Em especial, nas ações de Educação Corporativa, envolvendo o time de Treinamento e Desenvolvimento (T&D) no planejamento estratégico das atividades. Isso tudo para que os treinamentos sejam mais assertivos e gerem o resultado esperado. E nessa composição, porque os profissionais envolvidos no planejamento estratégico estarão engajados na coordenação e operação dos treinamentos concebidos.

Ou seja: serão parte da compreensão dos problemas e, principalmente, da construção da solução.

Ainda assim, por mais que o conceito seja amplamente utilizado, o modelo Canvas é recente. Ou, para ser um pouco mais preciso, foi um dos grandes frutos do novo milênio no mundo dos negócios.

Vejamos como surgiu essa metodologia, a evolução da sua aplicabilidade e como ela revolucionou a forma de elaborar um modelo de negócios.

Quando e como surgiu o método?

O Business Model Canvas surgiu em 2004, com sua ideia desenvolvida e apresentada pelo teórico suíço Alex Osterwalder. Especialista em modelagem de negócios, ele apresentou o conceito em sua tese de doutorado, pela Universidade de Lausanne. A tese obteve imediata repercussão e fez grande sucesso entre os pares. Com isso, Alex divulgou suas ideias para o mundo, através do livro “Business Model Generation: inovação em Modelos de Negócios.

Desde então, sua metodologia revolucionou o desenvolvimento de novos modelos de negócios. Mas com o passar do tempo, o modelo vem ganhando espaço também na rotina de planejamento estratégico das grandes empresas.

Incluindo ações de Treinamento e Desenvolvimento (T&D).

Aplicabilidade e expansão de conceitos

Devido a objetividade do modelo, houve uma série de adaptações conceituais, desde o que podemos chamar de “Canvas de modelo de negócio” até o que iremos chamar de “Canvas de treinamento”.

Esses modelos são ferramentas inovadoras, que podem ser utilizadas na criação de ações de T&D, a partir do planejamento estratégico, de forma simples, visual e colaborativa.

Seja em novos modelos de negócios ou em uma organização centenária, com grande lastro de mercado. É necessário apenas que os gestores pensem estrategicamente, a fim de visualizar as dificuldades, ou “pain points” das empresas. Isso, porém, requer a busca de novas soluções para os seus problemas e de novos modelos para encontrá-las.

É aqui onde os ditos “Canvas de treinamento” fazem a diferença no planejamento estratégico das ações de T&D. Pois além de visuais e colaborativos, esses novos modelos de Canvas atacam especificamente as principais dores do RH da empresa:

“Criar um treinamento de forma assertiva, engajar os colaboradores e comprovar os resultados das ações de Treinamento e Desenvolvimento”.

Como se faz um Canvas de treinamento?

O Canvas de Treinamento possui uma estrutura bastante simples, que auxilia os envolvidos a terem uma concepção visual, prática e objetiva. Tanto da compreensão dos problemas, quanto da elaboração das soluções e do entendimento do papel de cada um dos envolvidos.

A proposta consiste em apresentar de maneira dinâmica todos os parâmetros de análise da proposta de treinamento a ser concebida.

Desse modo, a metodologia permite uma avaliação mais intuitiva e criativa, como também uma abordagem participativa e colaborativa.

Um método objetivo para resolução de problemas

Na rotina corporativa, o Canvas pode ser elaborado em diferentes formatos, voltados à dinâmica de resolução de problemas. Basta uma simples cartolina em um quadro, post its e canetas, em uma reunião com o time de T&D.

O Canvas dispõe de uma representação visual, a partir de questões estratégicas, que oferecem uma compreensão integral do treinamento demandado. De maneira global, essa metodologia facilita o entendimento dos problemas e o planejamento das soluções. De forma local, o Canvas ajuda  a estruturar cada etapa das ações de T&D, com base em objetivos específicos.

Esses parâmetros visuais pré-estabelecidos, dentro do planejamento estratégico, são úteis para avaliar os resultados das ações de Educação Corporativa. Isso porque quando identificamos assertivamente o problema e planejamos adequadamente a solução, as chances de êxito são muito maiores.

Mais do que isso, ao estabelecer parâmetros e objetivos específicos, o Canvas ajuda a comparar os cenários anteriores e posteriores às ações de Treinamento e Desenvolvimento. Com isso, passado o treinamento será possível balizar uma primeira métrica para analisar o impacto do investimento sobre o resultado dessas ações.

Isto é: se a equipe identificou um problema e planejou uma solução, futuramente será mais fácil compreender se a leitura desse problema foi a mais correta, bem como a escrita dessa solução.

Como funciona um modelo de Canvas de Treinamento?

Um dos benefícios da metodologia Canvas é construir uma linguagem comum entre todos os envolvidos no planejamento das ações. Isso ocorre de forma visual, porque problemas e soluções são expostos em uma cartolina no quadro, onde são colados os post-its com as ideias de cada um dos envolvidos. Por consequência, também é colaborativo, uma vez que todos participam espontaneamente de todas as etapas da atividade.

Todavia, a principal diferença entre um Canvas de Modelo de Negócios e um Canvas de Treinamento consiste nas perguntas realizadas. Isso significa o direcionamento dado a problemas e objetivos distintos, assim como a divisão espacial dos mesmos no quadro desenhado.

Por exemplo: no Canvas de Modelo de Negócios tradicional, são nove perguntas/áreas dispostas no quadro. São elas: parcerias chave, atividades chave, proposta de valor, recursos chave, relacionamento, segmento de clientes, canais, estrutura de custo e fontes de receita.

Já nos modelos de Canvas de Treinamento são outras perguntas/áreas alocadas no quadro com outro desenho. Utilizando o Learning Kanvas como referência, são as seguintes perguntas/áreas, alocadas conforme mostra a imagem abaixo:

1) Quais são as necessidades da empresa a serem atendidas?

2) Quem deve alterar o comportamento para que isto aconteça?

3) O quê estas pessoas vão fazer melhor ou diferente?

4) Como podemos comprovar a mudança de comportamento?

5) Quais são os KPIs a serem medidos?

6) Qual o real retorno se essa iniciativa for bem sucedida?

7) Que atividades precisam ser feitas para alcançar os resultados?

8) Quem deve ser envolvido?

9) Quais parceiros chave serão necessários para viabilizar o projeto?

10) Qual o custo financeiro para realizar a iniciativa?

Qual é o objetivo do Canvas?

Na prática, tanto o Canvas de treinamento quanto o Canvas de Modelo de Negócios descrevem a lógica de funcionamento da empresa. Ou seja, qual a oferta de valor, como entregar essa oferta e, por fim, como gerar receita.

Em suma, ambos são modelos de Canvas que consideram o funcionamento da empresa frente ao seu mercado de atuação.

A principal diferença do Canvas de Modelo de Negócios para um de Treinamento, como fora dito, está nas perguntas realizadas. No entanto, é mais do que isso, considerando que o segundo tem um outro porquê de existir. Este, incluso o Learning Kanvas, é inteiro pensado de T&D para T&D, a fim de destacar o papel da equipe no planejamento estratégico das ações de Educação Corporativa.

Ou seja, um modelo de Canvas que visa identificar as principais necessidades da empresa e encontrar as melhores soluções para essas necessidades. Sempre planejando com o time a melhor forma de colocá-las em prática.

Com o Canvas de Treinamento, mais do que abrir um novo negócio, é possível inovar naquilo que já se faz, atuando sobre e com base na realidade da empresa, procurando novas frentes se necessário. Esse modelo possibilita uma melhor Gestão de Pessoas, com mais entrega, mais valor e, consequentemente, melhores resultados obtidos sobres os investimentos (ROI) nas ações de Educação Corporativa.

Uma coisa é certa: quando se identifica os problemas de forma clara e objetiva, como propõe o método Canvas, contando com a participação dos atores envolvidos no processo, as chances de se observar os problemas e propor as soluções com exatidão são muito maiores.

Por isso, a Keeps  desenvolve soluções e metodologias inovadoras, com foco em ações de Treinamento e Desenvolvimento (T&D) no ambiente corporativo.

Escritor de ficção, leitor assíduo e bem informado.
Criador de conteúdo para blog posts com SEO na Keeps.

Venha conhecer nossas soluções.

Relacionados

Deixe o seu contato para a nossa newsletter!

Deixe o seu contato para a nossa newsletter!

Todo mês temos um conteúdo exclusivo para você.

Muito obrigado!

×