Metodologia Ágil: o que é, quais os seus princípios e tipos mais utilizados

Início » RH Ágil » Metodologia Ágil: o que é, quais os seus princípios e tipos mais utilizados

Quando uma empresa decide dar início a um novo planejamento, independentemente de ser a criação de um novo produto, como um software etc., o mais importante nesse momento é executá-lo de forma eficaz e clara, conecta às expectativas da intenção inicial. A metodologia ágil surgiu com o objetivo de melhorar e contribuir para o desenvolvimento de todo esse processo.

A capacidade de ordenar o time, comunicar-se sem ruídos e seguir atento aos objetivos não depende apenas da existência de um gestor competente. É esse o motivo pelo qual cada vez mais empresas têm adotado as metodologias ágeis na sua rotina organizacional. Nesse artigo, explanaremos a respeito do tema, explicando o que são as metodologias ágeis, quais os seus pilares, princípios e benefícios, além de ressaltar os tipos mais importantes utilizados atualmente. Continue lendo!

O que é metodologia ágil?

Metodologia ágil, também chamada de método ágil, trata-se de uma metodologia desenvolvida pela tecnologia da informação com o propósito de solucionar conflitos que existem na maioria das empresas no momento de administração dos seus planos, tais como: processos com fases demoradas de confecção e sem datas estimadas de conclusão; dificuldade das equipes em comunicar-se; falta de posicionamento em comum, entre os próprios times, entre os clientes etc.

Por essa razão, os métodos ágeis, para além do TI, passou a ser utilizado em outros setores e projetos, não sendo apenas disponíveis para o meio tecnológico.

O que é metodologia ágil?

Quando usar a metodologia ágil?

Os objetivos desenvolvidos pelas empresas necessitam de uma data de começo e encerramento determinadas. Todavia, uma vez iniciado, nem tudo segue como o planejado.

Às vezes um projeto demora anos para ser finalizado, devido a imprevistos e necessidades que aparecem durante a execução.

Portanto, criar uma metodologia que entendesse esse tipo de situação e entregasse uma solução, facilitando a execução daqueles objetivos iniciais era algo essencial.

A metodologia ágil foi aos poucos sendo aplicadas nas empresas, em grande parte porque entregava resultados positivos nos encerramentos dos projetos.

Diferente dos métodos tradicionais, a metodologia ágil tem o seguinte funcionamento:

  • etapas de criação curtas;
  • entregas com datas certas;
  • atenção à eficácia dos procedimentos;
  • equipe linear e organizada.

Com essas etapas sendo seguidas à risca, a identificação de problemas e obstáculos é facilitada. Em decorrência disso, os colaboradores envolvidos no processo conseguem solucionar qualquer questão existente em tempo hábil, adaptando o que for necessário, sem afetar a produção final esperada.

funcionamento Metodologia Ágil
Quando usar a metodologia ágil?

O Manifesto Ágil

Por que usar a metodologia ágil? Descontentes com os métodos de trabalho tradicionais, uma equipe de cientistas se reuniu, no ano de 2011 e montou o chamado Manifesto Ágil.

O manifesto contém pilares e princípios considerados básicos ao falarmos em desenvolvimento ágil de softwares.

Os 4 pilares da Metodologia Ágil

  • As pessoas e suas interações têm mais valor que os processos e as ferramentas;
  • A capacidade de funcionamento dos softwares tem mais valor que a documentação;
  • A cooperação com os clientes tem mais valor que os contratos;
  • A adaptação às mudanças é mais importante do que seguir um plano.

Quais são os princípios da Metodologia Ágil?

Por que escolher a metodologia ágil? De acordo com o Manifesto Ágil, a metodologia ágil é guiada pelos seguintes princípios:

  • Satisfação do cliente deve prevalecer, portanto as entregas devem ser antecipadas e assíduas, demonstrando o valor dos softwares.
  • Se adaptar às mudanças das necessidades, mesmo que o processo esteja no fim, pois os desenvolvimentos ágeis devem se adequar às exigências dos clientes.
  • Fazer a entrega do software numa versão que funcione com assiduidade, mesmo que dure semanas ou meses, mas sempre dando preferência a períodos de tempo menores.
  • Gestores e desenvolvedores devem trabalhar conjuntamente, todos os dias, até o final do projeto.
  • Desenvolver projetos envolvendo colaboradores entusiasmados, proporcionando um ambiente com o apoio técnico necessário, fazendo com que desenvolvam segurança naquilo que estão realizando.
  • A metodologia mais eficaz para um time trocar informações é desenvolver diálogos e conversas pessoalmente.
  • Desenvolver um software que seja funcional é o primeiro passo para o progresso do método.
  • Procedimentos ágeis ajudam a melhorar o ambiente organizacional, permitindo que os patrocinadores, desenvolvedores e usuários não percam o foco e continuem pelo mesmo caminho.
  • Foco cotidiano em relação à excelência técnica e design para aumentar a agilidade e eficiência.
  • Manter o trabalho sempre simples e otimizado.
  • Equipes auto-organizadas produzem melhores arquiteturas, requisitos e designs.
  • Devem acontecer intervalos regulares, através dos quais as equipes devem avaliar como ser mais efetivo e ajustar sua performance de acordo com as necessidades encontradas.

Metodologia Ágil para RH

RH Ágil é uma abordagem em Recursos Humanos baseado em metodologias ágeis, de modo que a área possa se tornar menos operacional e mais estratégica.

Sendo assim, o RH Ágil é baseado nos pilares de: redes colaborativas, transparência, adaptabilidade, motivação intrínseca e mais.

Além disso, é comum ouvir que times de engenharia de software usam a metodologia ágil para fazer gestão de projetos.

Mas, como vimos, o uso desse conceito deixou de ser exclusivo das áreas de tecnologia e está ganhando força em diversos departamentos.

Então, conheça mais sobre os conceitos e diferenças de RH Ágil neste tópico!

O conceito de RH Ágil

Como sabemos, a metodologia ágil permite que os processos sejam mais fluidos e isso pode ser implementado em qualquer área, inclusive no setor de RH.

A mudança no setor, conta com as seguintes premissas:

  • Redes colaborativas mais do que estruturas hierárquicas;
  • Transparência mais do que sigilo;
  • Adaptabilidade mais do que prescrição;
  • Inspirar e comprometer-se mais do que gerenciar e reter;
  • Motivação intrínseca mais do que recompensas extrínsecas;
  • Ambição mais do que obrigação.

Então, a partir disso, compreenda que, um RH mais ágil significa deixar de ser uma área operacional, cheia de tarefas manuais e exaustivas para ser um RH mais estratégico, que pode focar mais no colaborador.

Portanto, ao aplicar o Ágil nos processos do dia a dia, o profissional de RH consegue criar treinamentos e desenvolvimentos mais assertivos para os funcionários, permitindo que o potencial de cada um seja melhor aproveitado.

Além de ter uma visão mais analítica das entregas da própria área, tendo insumos para participar das decisões estratégicas da empresa.

Diferenças entre o RH Ágil e o tradicional

Para que você consiga compreender algumas diferenças entre os dois tipos de RH de forma mais clara, com relação a transformação que acontece em alguns processos do dia a dia, listamos as principais de ambos, a seguir:

RH Tradicional

  • Recrutamento – o RH tradicional só começa seus processos de recrutamento e seleção quando a vaga já está aberta;
  • Treinamento e desenvolvimento – o método tradicional busca desenvolver os colaboradores até que atinjam o nível de performance desejado, ou seja, não aproveitam o máximo que aquele funcionário pode oferecer;
  • Projeção de carreira – o cargo e a posição dos funcionários são bem definidas, o que, muitas vezes, dificulta que o profissional possa mudar de carreira ou mesmo consiga trazer inovações para a área;
  • Gestão de talentos – o time é responsável por atrair, desenvolver e avaliar talentos.

RH Ágil

  • Recrutamento – o RH ágil tem uma estratégia de employer branding contínua para atrair talentos;
  • Treinamento e desenvolvimento – um ambiente de aprendizado constante é formado, no qual funcionário consegue se desenvolver em diversos âmbitos que independem da sua área de atuação;
  • Projeção de carreira – por conta dos programas de treinamento e desenvolvimento bem estruturados, o funcionário consegue uma gama maior de conhecimento, podendo atuar em várias frentes e trazer soluções diferentes para suas tarefas do dia a dia;
  • Gestão de talentos – com a metodologia ágil, o colaborador se torna responsável pelo próprio desenvolvimento, já que possui uma boa base de treinamentos. Além disso, o RH Ágil facilita que gestores sejam ativos nos processos de atração, desenvolvimento e avaliação.

Viu só como existem grandes diferenças entre os dois modelos?

Pois bem, implemente um RH ágil na sua empresa e note os resultados eficientes de todos os processos.

Quais são as principais metodologias ágeis?

Quais são as metodologias ágeis mais utilizadas no mercado hoje? Agora que você sabe o que é metodologia ágil e quais os princípios que norteiam essa ferramenta, apresentaremos quais são os principais tipo existentes atualmente.

Scrum

O Scrum é um dos métodos ágeis mais conhecidos, muitas vezes tendo seu conceito trocado com o da própria metodologia ágil.

Porém, o scrum tem como meta ajudar a gerir os projetos e seu desenvolvimento, de modo que a entrega aconteça no período mais célere possível.

É essencial que a empresa saiba identificar tudo que seus colaboradores entregam de positivo e negativo. Cada membro da equipe deve saber exatamente qual a sua função dentro da empresa e o que deve ser feito para validar aquela performance.

A equipe deve ter sempre uma pessoa responsável pelo cliente no time, de modo que ele seja o responsável por validar o que deve ser entregue com antecipação etc.

O scrum é montado através de ciclos. Esses ciclos são chamados de sprints, períodos de tempo definidos para desenvolver cada fase do scrum.

A cada vez que uma etapa é concluída, a equipe se reúne para avaliar o trabalho. Se tudo estiver ok, o próximo sprint poderá ser iniciado.

Lean

Metodologia Ágil - Lean

O Lean é um método ágil muito utilizado por startups, geralmente associado a projetos curtos e com metas claras.

A intenção do Lean é desviar dos possíveis acúmulos de trabalho na empresa ou na criação de um projeto. O foco é reduzir o retrabalho, reduzir os custos e distribuir tarefas cada vez menos complicadas, visando melhorar a produtividade e assimilação de informações.

Kanban

O Kanban é uma metodologia ágil realizada através de checklists, permitindo enxergar os processos como um todo, durante o desenvolvimento do projeto.

Essa metodologia pode ser aplicada em negócios de qualquer setor, sendo aplicada visualmente e dividida em três etapas:

  • to do: o que preciso fazer.
  • doing: o que estou fazendo.
  • done: o que já fiz e analisei com minha equipe.
Metodologia Ágil - Kanban

Smart

A metodologia ágil Smart desenvolve projetos com etapas claras através das quais consegue-se enxergar com clareza aquilo que precisa ser entregue.

Metodologia Ágil - Smart

É uma metodologia baseada em cinco princípios, cada um deles correspondente a uma letra da palavra SMART.

S – specific: os objetivos devem ser sempre específicos.

M – measurable: os objetivos devem ser passíveis de mensuração.

A – attainable: os objetivos devem ser alcançáveis.

R – relevant: os objetivos devem ser relevantes para a empresa.

T – time-related: deve haver um prazo limite para a entrega do projeto.

Como implementar uma metodologia ágil?

É sempre bom recordar que a metodologia ágil foi criada com o intuito de proporcionar velocidade e melhorar a comunicação durante a execução dos projetos.

Neste sentido, saber suas formas de implementação pode ser fundamental para garantir um processo eficiente.

Confira as dicas a seguir e coloque-as em prática para medir resultados!

Planejamento

Tanto faz se iniciar a implementação da metodologia ágil em etapas ou de uma única vez, pois, o mais importante é que exista um planejamento, com análise do time que irá liderar essa prática e também das expectativas da empresa e seus objetivos de negócio.

A boa notícia é que podemos alterar o caminho a todo o momento em que for necessário. Portanto, compreenda que o planejamento, não é imutável, mas sim uma forma de se preparar e analisar as possibilidades.

Alinhamento

Promover alinhamento também é algo muito importante para que todos entendam o valor e os motivadores da mudança.

Afinal, toda mudança é complexa, gera insegurança e deve ser tratada com muito cuidado. O alinhamento deve ser integral, a todos os departamentos da empresa para que a implementação da metodologia ágil seja bem-sucedida.

Então, criar as expectativas corretas é fundamental para propor aos times.

Aprenda com os erros

Os erros também devem ser analisados, em detalhes, mas não podem se transformar em uma grande problematização.

Afinal, eles são insights para o aprendizado, e precisam ser tratados de forma a gerar valor. Nesse sentido, toda experiência é muito importante para identificar as inadequações e definir novos caminhos.

Portanto, nunca omita um problema, já que, cada erro analisado fica mais fácil entender a causa raiz e, achar o momento oportuno para trabalhar o erro tem um alto valor.

Dessa forma, não causa constrangimento ao time e o impulsiona para acertar.

Treinamento

Como sabemos, realizar treinamentos é fundamental em qualquer aspecto empresarial.

E, no momento de transição, um time preparado entenderá o que precisa ser feito e ajudará muito no direcionamento, pois, estarão conscientizados sobre os processos e da importância da transição.

Dessa forma, torna-se mais fácil conseguir o comprometimento do time, que estará pronto para focar nos objetivos.

Comece pela base, criando um alicerce. E, para auxiliar neste processo, é importante que todos tenham na ponta da língua, pelo menos os 4 princípios do Manifesto Ágil.

Um por todos e todos por um

O espírito de equipe é o principal fator de sucesso na implementação da metodologia ágil.

Neste sentido, devemos criar um ambiente aberto ao diálogo, em que as ideias possam ser tratadas com tranquilidade sem julgamento.

O Manifesto Ágil propõe que um time engajado supera desafios e entrega resultados de forma mais rápida e sem erros.

Gostou desse conteúdo?

Acesse o nosso Blog e saiba mais sobre metodologias ágeis e demais métodos de trabalho eficazes e atuais.

Aproveite e descubra o Go Learning, a Universidade Corporativa da Keeps, desenvolvida por especialistas em T&D e RH que criaram um ecossistema de conhecimento rico com cursos, webinars, podcasts, livros, ebooks, entre outros objetos educacionais.

As pessoas também perguntam:

Quais são as metodologias ágeis mais utilizadas?

– Scrum: aqui o foco e administrar os projetos e desenvolvê-los rapidamente sem, entretanto, perder a eficácia.
– SMART: trata-se de uma metodologia ágil estruturado com etapas objetivas que permite viabilizar com facilidade o que precisa ser entregue.
– Kanban: é uma metodologia ágil realizada através de checklists. To do: o que preciso fazer. Doing: o que estou fazendo. Done: o que já fiz e analisei com minha equipe.
– Lean: decidir utilizar a metodologia Lean ajuda na diminuição do retrabalho, das despesas e também a facilitar as tarefas, aumentando a produtividade da empresa.

Quais as características das metodologias ágeis?

– etapas de criação curtas;
– entregas com datas certas;
– atenção à eficácia dos procedimentos;
– equipe linear e organizada.

Lilian Pamela
Possui formação em Gestão de Recursos Humanos, responsável pelo RH da Keeps, atuando como Analista de Recursos Humanos, Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Humano e Organizacional. Entusiasta de temáticas e aplicações sobre T&D.
Continue sua pesquisa
Pesquisar

Está com alguma dúvida? ENTRE EM CONTATO COM A GENTE!

Relacionados

Converse com nossos especialistas

Descubra como nossa plataforma pode transformar sua equipe e impulsionar o crescimento da sua empresa. Agende agora uma demonstração exclusiva e veja como podemos lhe ajudar: