Balanced Scorecard (BSC): o que é, como funciona e sua importância
Início » Indicadores Organizacionais » Balanced Scorecard (BSC): o que é, como funciona e sua importância

Sem tempo para ler?

Um dos princípios responsáveis por guiar as empresas em circunstâncias variadas diz que, para que se consiga aprimorar alguma coisa, é necessário mensurar suas variáveis. É justamente nesse enquadramento que o Balanced Scorecard (BSC) funciona.

Essa ferramenta tática auxilia as empresas a estabelecerem metas e determinarem suas diligências. Assim, para além de interpretar o BSC, devemos saber como ele pode favorecer a empresa e ser conciliado em meio a pontos de vista diferentes.

Continue lendo e descubra como BSC pode ser aplicado e interpretado na sua rotina organizacional!

Avaliação 360

O que é o Balanced Scorecard (BSC)?

BSC, ou Balanced Scorecard é uma sigla que, traduzida, significa “Indicadores Balanceados de Desempenho”.   

O Balanced Scorecard é um método de gestão estratégica que abarca as questões da empresa para além dos padrões financeiros e de cálculos.

O que é o Balanced Scorecard (BSC)?

Seu compromisso mais imediato é, a partir da visão da totalidade dos processos existentes na organização, compreender aquilo que precisa ser conduzido para que as metas sejam assimiladas e atingidas.

Desse modo, tudo aquilo que a empresa produzir será dirigido para a sistematização estabelecida.

Quem criou o BSC?

O conceito de Balanced Scorecard (BSC) foi desenvolvido pelos professores da Universidade de Harvard: Robert Kaplan e David Norton.

A intenção dos professores era divulgar um método de gestão estratégica através do qual fosse possível determinar metas e mensurar soluções, mas de modo inovador, deixando de lado os tradicionais indicadores, sejam eles contábeis, de faturamento etc.

O artigo “O Balanced Scorecard: medidas que impulsionam o desempenho”, publicado em 1992, foi o responsável por amplificar a divulgação do conceito, que passou a ser conhecido também no meio organizacional, além do acadêmico.

PDCA

A partir daí, o BSC passou a ser considerado um dos mais eficazes métodos relacionados à medição de desempenho, determinações estratégicas e estruturações nas empresas.

O BSC pode ser empregado em circunstâncias diversificadas, de pequenas empresas até multinacionais, sendo utilizado também em comércios virtuais e empreendimentos não tão costumeiros.

Qual a importância do BSC?

Qual a importância do BSC?

O Balanced Scorecard é importante pois apresenta um cenário mais vasto acerca da empresa, como o fato de procurar definir que a gestão estratégica é o meio mais eficaz para alavancar a organização.

Combinado ao anteriormente mencionado, o método BSC ajuda a mensurar cada nova passo dado na intenção do aprimoramento constante.

A importância do BSC vem dos seguintes pontos:

  • Enaltece os hábitos de aprendizado.
  • Iguala referências-chave com as metas.
  • Desempenha táticas de ação com positividade.
  • Aplica soluções para todos os processos.

Perspectivas do BSC

Quando falamos em perspectivas do BSC, estamos falando nos setores nos quais o Balanced Scorecard pode ser aplicado.

Todavia, é valido observar que essas perspectivas precisam ser implementadas conjuntamente, uma agregada à outra, de modo se auxiliarem entre si.

Perspectiva financeira

A perspectiva financeira examina a influência que as deliberações estratégicas possuem em relação aos objetivos.

A organização necessita de metas financeiras prolongadas, de modo que estejam interligadas a uma estratégia de ação conectada aos procedimentos monetários, aos procedimentos internos, aos seus clientes, colaboradores e metodologias.

Os parâmetros financeiros, nessa perspectiva, são necessários para entendermos se a empresa está seguindo um caminho fluido.

Nesse caso, ainda que o BSC vá além da mensuração monetária, devem ser estudados os lucros, faturamentos e ampliação de valores.

Perspectiva do cliente

A perspectiva do cliente analisa dois pontos: como a empresa se encaixa no mercado e qual o nível de contentamento do cliente.

Como definir isso: reconhecer se existem pessoas ou organizações interessadas nas ações da empresa e estabelecer as respostas que serão analisadas, como motivação, lealdade, lucratividade, compra e desempenho de mercado.

Esse tipo de perspectiva analisa os detalhes do produto ou serviço, a conexão com o cliente, as ideias e o crédito da empresa. Por essa razão, é um fator relevante o entendimento acerca do ponto de vista do cliente em relação à organização.

Perspectiva dos processos internos

A perspectiva dos processos internos dá atenção à qualidade desses processos, analisando as inovações, as operações e o pós-venda.

O que isso quer dizer na prática? Significa que são analisadas informações acerca da produtividade, da celeridade do processo, dos custos, das inovações aplicadas etc.

A intenção é sempre almejar a qualidade de todos os procedimentos, de modo a melhorar ou ajustar o que for necessário, bem como consertar as possíveis falhas.

Perspectiva do aprendizado e crescimento

A perspectiva do aprendizado e do crescimento analisa a satisfação interna dos colaboradores.

O que devem ser analisados são fatores como comprometimento, qualificação e contentamento. É válido também mensurar o turnover e a quantidade de treinamentos aplicados, bem como as metas e as alterações na base organizacional que venham a impactar na equipe.

Como funciona o Balanced Scorecard (BSC)?

Além das 4 perspectivas supramencionadas, o BSC é alicerçado por 4 componentes estratégicos, sobre os quais falaremos a seguir.

Componentes estratégicos do BSC

No momento de aplicar as perspectivas do BSC, a sistematização deve ser baseada nos seguintes componentes:

  • Objetivos: determinar o que a empresa objetiva captar em cada probabilidade tática, como ações de marketing, por exemplo.
  • Indicadores: expõem as performances de acordo com cada meta selecionada.
  • Metas: mostram o grau de desempenho almejado em cada informação.
  • Iniciativas ou projetos estratégicos: são os comportamentos e interferências que precisam ocorrer para que a organização alcance as metas de performance definidas.

Dito isso, o BSC tem o intuito de examinar cada tática realizada até as operações. Desse modo, a empresa consegue enxergar com facilidade o que precisa realizar para atingir as metas pretendidas.

É importante que não seja esquecida a relevância de mensurar cada apuração. A capacidade de determinar corretamente os informativos, combinado às medidas realizadas, auxilia a entender se empenhos estão acontecendo acertadamente.

Como funciona o Balanced Scorecard (BSC)? Componentes estratégicos do BSC

Isso significa que, o simples processo de implementação do BSC entrega o saber indispensável para saber qual direção seguir.

Conclusão

O Balanced Scorecard (BSC) é um método bastante instintivo e hábil. Sua implementação dificilmente não trará resultados assertivos e eficazes para sua empresa.

Então que seguir os passos indicados até aqui e experimentá-lo?

Gostou desse conteúdo?

Então visite o nosso Blog e fique por dentro dos assuntos mais relevantes sobre metodologias de gestão estratégica e demais métodos de trabalho eficazes e atuais.

Aproveite para conhecer o que a Keeps tem a oferecer dentro do Go Learning, nossa Universidade Corporativa, e descubra como evoluir nos processos de capacitação e mensuração de resultados, através desse movimento colaborativo social de especialistas em T&D e RH que criaram um ecossistema de conhecimento rico com cursos, webinars, podcasts, livros, ebooks, entre outros objetos educacionais.

Contato

Relacionados