Estudo de caso: o que é, exemplos e como desenvolver

Sem tempo para ler?

O estudo de caso, comumente chamado de case, é uma ferramenta utilizada, por exemplo, em estratégias de marketing como fonte responsável por validar uma proposta, através de pesquisas mais profundas e minuciosas acerca do tema, objetivando servir de prova social. Para saber mais, acompanhe nosso artigo!

O que é Estudo de Caso?

Estudo de caso, ou case, é uma estratégia de pesquisa que possibilita mergulhar no conhecimento acerca de determinado tema, na intenção de investigar as diversas vertentes sobre um mesmo assunto. É um método de estudo que colhe e analisa dados de modo bastante abrangente.

E qual o objetivo principal de um estudo de caso? Serem pontos de partida e base inspiratória para que você saiba por onde seguir ao decidir concretizar um trabalho semelhante àquele já feito. O método é necessário e essencial para que você identifique os benefícios e as possíveis falhas na pesquisa por uma solução. Através do estudo, as adaptações tendem a ser mais assertivas e a metodologia anteriormente utilizada trará mais segurança quanto à aplicação e resultados.

O que é Estudo de Caso?Estudo de caso: o que é, exemplos e como desenvolver

Para que um estudo de caso produza o efeito esperado, ele deve trazer em seu bojo um motivo que se adapte à realidade e ao contexto daquilo que será desenvolvido, jamais sendo seguido como um manual de instruções, e sim como um exemplo que visa ampliar a clientela e trazer maior credibilidade ao produto/ serviço.

Mas para que serve um Estudo de Caso?

Um estudo de caso serve como parâmetro para a criação de um novo trabalho, uma espécie de referência diante das experiências já vivenciadas. Por exemplo, se você utiliza como base os passos de um caminho trilhado anteriormente dentro da mesma idealização, os acertos provavelmente serão maiores que o erro.

Todavia, a depender da área nas quais sejam aproveitados, os estudos de caso variam. Se o foco for inovar, a referenciação pode ser utilizada como benchmarking, estratégia de marketing na qual uma empresa semelhante é estudada e suas melhores práticas são aplicadas no negócio atua.

Se o estudo de caso é aplicado na área acadêmica, geralmente é requisitado como parte da entrada em cursos de graduação ou ainda de pós-graduação. O objetivo passa a ser a serventia como método de atestar o que aluno poderá propor como solução para um problema.

Definição de um Estudo de Caso

Como podemos definir o estudo de caso? Para que seja possível definir um estudo de caso, primeiro fazemos análise de sua finalidade principal. Qual o foco? Podem ser pessoas físicas, jurídicas, grupos limitados, eventos etc. Para começar, primeiro deve ser determinado o foco do estudo a ser aplicado.

Se formos tratar da área acadêmica, partimos do estudo de autorias acerca de um tema determinado, identificando as contribuições naquele âmbito. Na área de saúde, a pesquisa é focada em algum tratamento e como o caminhar aconteceu para um paciente ou um grupo de pacientes, dentro do efeito daquelas medicações. No marketing, estuda-se durante um curto período de tempo como estão acontecendo as vendas.

Todas as pesquisas em todas as áreas não atingem um grupo muito grande, dada a necessidade de haver foco e especificidade. O objetivo do estudo, por sua relevância, é aprofundar o máximo possível em tema delimitados.

Por que fazer um Estudo de Caso?

O estudo de caso, diferentemente de outras análises mais amplas, especifica de modo detalhado as etapas que uma empresa ou um colaborador percorre, entregando a possibilidade de compreensão diversificada.

Durante o estudo, pesquisa-se porquê aquele acontecimento merece ser validado e o que ocorreu de tão impactante durante aquela trajetória.

Qual a importância de um estudo de caso?

Para a empresa, o estudo de caso é um método bastante eficiente, especialmente se avaliarmos em termos de estratégias de marketing. Por que? Por ser capaz de atuar de como chamariz de novos leads e fornecer segurança na tomada de decisões.

Elaborar um estudo de caso com os clientes/consumidores é uma oportunidade de viabilizar seu produto/serviço, demonstrando como utilizá-lo e abrindo opções para que as pessoas possam divulgá-lo.

Os estudos funcionam ainda como conteúdos educacionais, pois é feito um compilado de depoimentos favoráveis de diversos clientes, permitindo que toda a empresa conheça aquele histórico e utilizem-nos como base para eventuais programas.

Tipos de Estudos de Caso

São características dos estudos de caso:

Tipos de Estudos de Caso

Exploratórios

Neste tipo de estudo, procura-se obter conhecimento preliminar acerca do tema objeto de análise. Geralmente são consideradas abordagens contrárias/opostas, onde são apresentados diferentes cenários, o que automaticamente amplia as chances de que o estudo seja eficaz.

Descritivos

O objetivo é direto: realizar a descrição do estudo de caso, com detalhes e soluções contextualizadas, buscando compreender o que move aquela pessoa, grupo ou organização de um contexto a outro.

Analíticos

Geralmente utiliza-se mais de um objeto de análise, cujo propósito é reunir e apresentar dados que alicercem os pontos de discussão, trazendo reflexões a serem assimiladas ou descartadas dentro das partes de um ou mais casos.

Benefícios de realizar um Estudo de Caso

Acerca de sua aplicação, abaixo listamos alguns das principais vantagens dos estudos de caso, quais sejam:

  • O mesmo método pode ser aplicar em áreas diversas: ou seja, o alicerce de um caso pode ser utilizado na execução de outro.
  • Um mesmo caso pode ser fonte conhecimento profundo: nesse caso, você poderá utilizar-se de um estudo pronto e aplicar em outros contextos.
  • Experiências de sucesso podem ajudar no aperfeiçoamento de serviços: ao utilizar um case de referência, parte do processo já estará adiantado.
  • Fatos reais e cotidianos podem ser base de informações: pesquisas embasadas em vivências tornam-se mais atrativas dada a possibilidade de serem aplicadas no dia a dia.
  • Criar autoridade acerca de um tema determinado: através da utilização de exemplos de cases de sucesso, o autor pode acabar se transformando em referência acerca de alguns assuntos ou produtos.

Como fazer um Estudo de Caso?

Diante do exposto até aqui, você já é capaz de assimilar como desenvolver um estudo de caso. Basta observar o seguinte:

Avalie o cliente ideal

Sua empresa certamente é capaz de avaliar quais os clientes que mais se destacaram durante ou posteriormente à aquisição de um produto ou serviço ofertado por você. As equipes de venda, por exemplo, conseguem buscar o cliente específico e obter o retorno diante das impressões entregues.

Nessa etapa é válido sempre entender qual o tipo de cliente que sua empresa deseja captar. Com base nisso, elabore cases que sejam direcionados a organizações com o mesmo recorte.

Elabore perguntas essenciais

Durante a montagem do case, observe que o cliente precisará de direcionamentos claros. Portanto, não elabore muitas questões e prefira aquelas mais assertivas e diretas, que procurem responder o seguinte:

a) Problema: antes de passar pela empresa, quais eram as questões mais difíceis que o cliente enfrentava? Como agia para tentar solucioná-las?

b) Resolução: o que a utilização do seu produto/serviço impactou na rotina organizacional do cliente? Dentre aquilo que foi fornecido, o que foi mais utilizado e o que mais ajudou a encontrar uma solução para o problema?

c) Resultados: observe os pontos favoráveis para o aumento nas vendas e no faturamento, por exemplo. Melhoria na gestão, produtividade mais eficiente etc. Quanto mais valores você conseguir pontuar com exatidão, mas eficiente será o case.

Desenvolva uma abordagem de impacto

Entrar em contato com o cliente é sempre o momento onde devem ser utilizadas ferramentas para impulsionar a conexão, como por exemplo expor o conhecimento que obteve através de outro colaborador, parabenizar o cliente pelo objetivo alcançado e procurar sempre deixá-lo seguro quanto ao repasse das informações a serem obtidas.

Deixe sempre claro o porquê é essencial que haja essa contribuição para a empresa. Geralmente, esse tipo de abordagem é feito através de e-mails, pois o cliente pode escolher o momento mais conveniente para responder e terá mais tempo para estudar as respostas.

É importante, todavia, deixar a critério do cliente qual a maneira através da qual pretende responder aos questionamentos. Por mais que o e-mail seja o mais usual, pode ser também via ligação telefônica ou ainda pessoalmente.

Estruture seu Estudo de Caso de modo eficiente

Não perca de vista o ciclo: problema – resolução – resultado. Assim, durante a leitura, haverá um segmento lógico e fácil para que o leitor compreenda as etapas.

Já no título, exponha qual a maior vantagem adquirida. Separe trechos do depoimento do cliente e insira no texto em posição de destaque, se possível junta a uma imagem fotográfica, de modo que as informações sejam melhor validadas.

Não deixe de incluir os demais elementos visuais disponíveis, como infográficos, fluxogramas, fotografias do cliente e seus colaboradores utilizando o produto/serviço por você fornecido etc.

A depender da viabilidade, podem ser utilizados vídeos, podcasts, caso o cliente se habilite a dar uma entrevista, o que gera uma maior conexão com o público e entrega mais confiança, o que automaticamente gera mais procura e conversões para a sua organização.

Observações importantes:

Quando o material levantando estiver concluído, é necessário que seja enviado ao cliente e que exista espaço aberta para que o mesmo faça os apontamentos que julgar necessários. Durante esta etapa, podem ser feitos questionamentos novos e também é a oportunidade para sanar as possíveis dúvidas ainda existentes.

Utilize sempre as redes sociais da empresa para divulgar todos os estudos de caso produzidos, inclusive no blog e site existente. Todo esse conteúdo deve ser de fácil acesso e compartilhamento.

Passado o período de no máximo quatro meses, o estudo de caso realizado deve ser reavaliado junto ao cliente, fazendo as alterações necessárias e recebendo novo feedback em relação ao seu produto/serviço.

Exemplo de Estudo de Caso

Empresa: Audi

Campanha: A Bela e as Feras

A meta aqui era a divulgação do novo Audi de modelo R8 Spyder. Daí então foi realizada a mutação mais de vinte outros carros hot rod, modelos antigos. Todos foram transformados em Feras e após, cada um mudou o design, através de uma diversidade de filmes da Avery Dennison.

Avery Dennison é uma empresa de tecnologia de aplicação de adesivos e encontrou no caminho alguns desafios, como o período curto para criar o design de veículos, o excesso de produtos para desenvolver as Feras e evitar que os carros fossem deteriorados na retirada dos adesivos.

O problema era criar imagens de Fera para 22 carros em 4 dias, durante um comercial.

A solução encontrada foi imprimir os adesivos em equipamentos com tinta à base de solventes HP 9000 e com rápida e fácil instalação por conto do material flexível dos adesivos da Avery Dennison.

O produto utilizado foi o MPI 1005 Easy Apply. E o responsável pela conversão foi a Pyramid Visuals.

Exemplo de Estudo de Caso da Keeps

Estudos de Caso são amplamente utilizados, inclusive como referência para muitas pessoas e empresas na hora de contratar um serviço, um produto, fazer análise e avaliação de projeto, dentre outras coisas. Mas é essencialmente útil na Educação Corporativa, porque acima de tudo, basear-se em fatos é uma excelente maneira de aprender.

A seguir, confira um exemplo de estudo de caso, da Condor com a Keeps.

Um case de sucesso da Condor com a Keeps

“Em 90 anos de história, a Condor se tornou uma das marcas mais presentes nos lares brasileiros. Líder no mercado de escovas dentais infantis, escovas para limpeza, escovas e pentes para cabelos, pincéis artísticos e artigos de pintura imobiliária, a Condor segue firme no posicionamento de ser a maior referência no setor de utensílios e acessórios para cuidados pessoais e com o lar.”

Portanto, com foco em fazer parte dessa história quase centenária, a parceria da Keeps com a Condor iniciou apresentando os seguintes desafios:

  • Tornar o ensino mais simples de ser realizado por todos.
  • Simplificar a gestão de cursos, permitindo o protagonismo dos colaboradores.
  • Simplificar a solução de educação, reduzindo dois sistemas para apenas um sistema integrado.
  • Conseguir capacitar o pessoal de operação de forma ágil e divertida.

Diante desses desafios, a Keeps se comprometeu a atender às necessidades da Condor, por meio de plataformas de aprendizagem inovadoras. Envolvemos assim todo o nosso time, com objetivo de entregar ao cliente as soluções mais adequadas para cada demanda, focados em:

  • Criar um ambiente de aprendizagem de maneira simples e rápida para todos.
  • Proporcionar a melhor experiência de aprendizagem para cada perfil profissional.
  • Treinar as pessoas com engajamento em qualquer lugar e à qualquer hora.
  • Proporcionar aos gestores da Condor os resultados de todas as ações de capacitação.

Quais os objetivos do Treinamento?

Considerando o cenário apresentado e planejando em parceria com a gestão da Condor, definimos de forma clara quais eram os objetivos dos treinamentos corporativos. Ou, ainda, o que gostaríamos de alcançar através dessas ações, por exemplo:

  • Reduzir custos em relação às soluções de educação já vigentes.
  • Multiplicar a geração de conhecimento por todos da equipe, ajudando o Treinamento e Desenvolvimento (T&D) a ser mais efetivo.
  • Treinar as equipes, sem efetivamente tirá-las de suas atribuições do dia a dia.
  • Estimular comportamentos, habilidades e atitudes com simplicidade, obtendo melhores resultados.

A partir disso, com ideias e esforços já alinhados, chegou o momento de elaborar as estratégias específicas para cada setor envolvido nesses treinamentos corporativos.

Quer saber como essa história continua?

Continua até hoje. Confira a íntegra do artigo em Treinamentos Corporativos Inovadores: o case da Condor e descubra como foi a implementação desse projeto com o feedback da empresa.

Descubra como as soluções da Keeps, Konquest, GameUp e SmartZap, contribuem para o sucesso das ações de Educação Corporativa.

Contato

Relacionados

20/05/2022
Análise de causa raiz é uma metodologia que pode ser utilizada e adaptada a vários setores e ocas...
16/05/2022
No cotidiano organizacional é natural que alguns desafios aconteçam, afinal, erros e problemas se...

TRAGA A SUA EMPRESA PARA

A MELHOR LXP DO BRASIL

Capacite mais, em menos tempo e com menor custo.