Feedback: o que é e qual a importância dessa prática nas empresas

Sem tempo para ler?

Todas as empresas presentes no mercado de trabalho devem, independentemente do tipo de produto/serviço ofertado, avaliar e buscar interpretar se está atendendo às demandas, com ênfase nas consequências e transmissões. É aí que entra o Feedback, no intuito de classificar, com atenção e cuidado, a opinião de uma pessoa acerca dos resultados da empresa.

Como uma organização pode apresentar melhorias no seu ambiente, no seu serviço, no seu produto e no networking? Apenas sabendo o que as pessoas que recebem e absorvem tudo isso têm a dizer. Ser capaz de compreender o que é preciso para montar um clima organizacional saudável é essencial para evoluir os valores da empresa.

Feedback: o que é e qual a importância dessa prática nas empresas

A ausência de Feedback deixa a empresa e os colaboradores no escuro, sem conseguir assimilar os pontos que necessitam de melhoria, de cortes e de investimento.

Continue lendo o nosso artigo para identificar outros motivos pelos quais o Feedback é tão importante e como deve/pode ser aplicado na sua empresa!

O que é Feedback?

Feedback, termo derivado do inglês, que significa retroalimentação, ou retorno, opinião, avaliação, é usualmente utilizado como método de transmissão daquilo que a pessoa está consumindo ou vivenciando.

No ambiente organizacional, é geralmente utilizado no intuito de estimular os colaboradores, partindo do pressuposto de que, ciente dos resultados das avaliações, consigam entregar desempenhos cada vez mais eficazes.

Qual a importância do Feedback?

Por ser uma ferramenta de comunicabilidade, este é o meio mais eficaz para que a empresa e seus colaboradores consigam identificar o melhor caminho para seus objetivos. Mas por que o feedback é importante?

Para os colaboradores:

  • ajuda a identificar aqueles pontos que merecem ser estimulados;
  • encontrar aqueles pontos que precisam de melhoria;
  • engajar o marketing pessoal;
  • desenvolver capacidades visando o momento posterior;
  • habilitar emoções positivas, como estruturar a inteligência emocional;
  • estimular o trabalho, no caso de feedbacks edificadores.

Para as empresas:

  • mais segurança e estímulo de produção das equipes;
  • menor índice de turnover;
  • mais qualidade na oferta de produtos/serviços;
  • proximidade hierárquica entre gestores e colaboradores;
  • melhor ambiente e clima organizacional.

Tipos de Feedback

Tipos de Feedback

Formal e informal

Como dar feedback de algo? Ele pode ser dado de dois modos: formalmente ou informalmente. Ambas as maneiras são válidas e às vezes ocorrem conjuntamente.

O feedback formal, também chamado de pessoal, é aquele que acontece do gestor para seu colaborador. Nesse encontro, é feito um apontamento relacionando o que deve ser mantido e o que deve ser consertado.

Esse tipo de feedback geralmente é feito através de avaliações da performance do colaborador, pontuando metas e objetivos. Geralmente ocorre semanal ou semestralmente.

O feedback informal é aquele aplicado durante a rotina organizacional, assiduamente.

A vantagem de ser contínuo é o retorno imediato, que possibilita fazer correções instantâneas e ainda mantém o entusiasmo do colaborador, que terá muito atenção na entrega dos seus resultados, uma vez que estará constantemente em destaque.

Feedback negativo e positivo

O feedback pode ainda ser caracterizado como positivo e negativo. Geralmente, o que os diferencia é a intenção da avaliação realizada.

O feedback positivo possui a intenção de enaltecer a empresa ou o colaborador em relação a algum movimento que foi bem recebido do outro lado.

É positivo aquele feedback através do qual mudanças não necessitam ser realizadas, pois geralmente deve ser realizado daquele modo por diversas vezes.

Considera-se negativo o feedback que entrega a necessidade de haver alterações. A empresa ou o colaborador entende que precisa ser feita uma mudança, mas não é capaz de avaliar exatamente o que precisa ser alterado.

Trata-se então de um apontamento negativo que vai ou não gerar impacto naquilo que deveria ser alterado.

Feedback construtivo

Esse tipo de feedback geralmente deriva do negativo. A correlação existe porque através dele, a empresa ou o colaborador consegue entender o que existe de negativo naquela oferta e o que precisa ser modificado.

O feedback construtivo apresenta ainda os seguintes detalhes:

  • existe um relacionamento onde a pessoa se sente à vontade para falar e para receber as críticas;
  • os produtos/serviços passam a ser entregues com mais motivação;
  • amplia o sentimento de competência e comprometimento;
  • transforma toda aquela crítica em habilidades e capacidades através das quais o trabalho é melhor realizado.

Conclusão

O feedback é essencial para a melhoria do ambiente corporativo. Organizações que dão atenção e conseguem implementá-lo na sua rotina laboral certamente acertarão nos seguintes pontos:

  • engajamento das equipes;
  • aumento da capacidade de escuta e comunicação não-violenta;
  • melhoria na performance dos colaboradores;
  • desenvolvimento de procedimentos de aprendizagem/ evolução.

Ao final, observamos que existem apenas vantagens, para a empresa, para seus gestores e para seus colaboradores. Uma organização que não realiza feedbacks provavelmente encontrará conflitos no meio do caminho.

Evitar que isso aconteça é cada vez mais importante, por isso é necessário que haja uma gestão de pessoas eficiente e consciente dos modos de utilizar essa ferramenta!

Gostou do nosso conteúdo?

Aproveite para conhecer o Go Learning: uma Universidade Corporativa gratuita, criada pela Keeps e pensada para T&D e RH. Lá você encontra uma série de cursos certificados, com as soft skills mais importantes para o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Contato

Relacionados

20/05/2022
Análise de causa raiz é uma metodologia que pode ser utilizada e adaptada a vários setores e ocas...
16/05/2022
No cotidiano organizacional é natural que alguns desafios aconteçam, afinal, erros e problemas se...

TRAGA A SUA EMPRESA PARA

A MELHOR LXP DO BRASIL

Capacite mais, em menos tempo e com menor custo.