Treinamento Comportamental: o que é e como implementar

Início » Psicologia Organizacional » Treinamento Comportamental: o que é e como implementar

Todos os profissionais possuem experiências muito particulares, que acabam moldando suas características comportamentais dentro da empresa. Todavia, ao chegar em uma nova organização, o colaborador precisa adequar essas características comportamentais de acordo com os valores da empresa. Para tanto, as empresas têm apostado em um tipo de treinamento diferenciado, o treinamento comportamental.

Atualmente, as empresas que focam nos seus colaboradores têm se destacado. Afinal de contas, as pessoas são peças fundamentais para o sucesso de qualquer negócio. Nesse sentido, organizações que oferecem treinamento comportamental conseguem contar com profissionais mais engajados e eficientes. Por isso, vamos te mostrar o que é treinamento comportamental e quais são os benefícios de sua aplicação para a sua empresa!

O que é treinamento comportamental?

O treinamento comportamental é o processo empregado para aperfeiçoar as atitudes e habilidades comportamentais dos colaboradores de acordo com os princípios da organização.

Na maioria das vezes, o treinamento comportamental é visto erroneamente como aquele que vem apagar a individualidade dos colaboradores, ignorando suas vivências e até seu modelo mental.

Entretanto, o treinamento comportamental ou soft skill consiste em um conjunto de práticas que pretendem melhorar a forma com que os colaboradores convivem e executam o seu trabalho.

Os exemplos de problemas relacionados a esta situação são muitos, como atrasos, conflitos internos, falta de comunicação e desequilíbrio entre a vida profissional e pessoal.

Como montar um treinamento comportamental?

Para montar um treinamento comportamental na sua empresa é muito importante entender dois aspectos comportamentais dos seus colaboradores, são eles:

Emoções

Os colaboradores possuem muitas emoções e podem expressar muitas delas durante o dia de trabalho. Desse modo, eles precisarão aprender a equilibrá-las dentro do ambiente de trabalho.

Transformações

Quando um colaborador inicia na empresa, ele traz consigo uma bagagem, e conforme o tempo passa, ele vai desenvolvendo outros pensamentos e objetivos para sua vida.

É papel da organização dar todo apoio que ele precisa para passar por essas transformações comportamentais, alinhando o seu trabalho com os objetivos pessoais.

Isto posto, montamos um passo-a-passo para você montar seu treinamento, confira!

Como elaborar um Treinamento Comportamental

Identificar o perfil dos colaboradores

Como elaborar um Treinamento Comportamental

Primeiro, você terá que identificar o perfil dos colaboradores para desenvolver os treinamentos que forem necessários.

Analisar o que precisa ser melhorado

Após a identificação dos perfis de todos os colaboradores, você deve verificar qual o gap de competência que há entre eles e o que a empresa espera desses colaboradores em termos de comportamento.

Com isso, você poderá entender quais aspectos deverão ser melhorados e quais cursos devem ser ministrados para que essas melhorias aconteçam.

Organizar o treinamento

Após entender quais treinamentos devem ser ministrados, é hora de organizar esses treinamentos.

Para isso você deve pensar na estrutura do conteúdo, em quem instruirá o treinamento, qual será o local de realização e qual será a modalidade de ensino utilizada.

Principais treinamentos comportamentais para sua empresa

Existem 5 tipos de treinamentos comportamentais que são muito usados para facilitar o desenvolvimento pessoal e profissional por parte do colaborador e que também contribuem para a formação de equipes mais eficientes. São eles:

Tipos de treinamento comportamental

Tipos de treinamento comportamental

Habilidades de comunicação interpessoal

Algo primordial dentro de qualquer empresa é a comunicação. Sem ela, as informações ficam estagnadas, os processos criam gargalos e os colaboradores não conseguem melhorar seus trabalhos.

Inteligência emocional

Inteligência emocional traduz a capacidade de um indivíduo compreender os próprios sentimentos de forma a desenvolver alguns pilares, como: autorresponsabilidade, compreensão e gerenciamento das emoções e atitude.

Capacitação de lideranças

Ao contrário do que muitos pensam, as pessoas não nascem líderes natos. Mesmo aquelas pessoas que não se veem dessa forma podem desenvolver a habilidade de liderar efetivamente.

Gerenciamento de tempo

Quer seja visto com bons olhos ou não, uma empresa deseja que seus colaboradores sejam produtivos e saibam utilizar o seu tempo de forma efetiva.

Como falar em público

Um treinamento para minimizar o medo de falar em público ou até mesmo a timidez é imprescindível. Além, claro, de muita prática!

Quais os benefícios de fazer um treinamento comportamental?

Quando você planeja um treinamento levando em consideração o perfil comportamental dos participantes, é possível gerar diversos benefícios para cada profissional e equipe. Confira alguns deles!

Quais os benefícios de fazer um treinamento comportamental?

Autoconhecimento

Quando os colaboradores possuem um conhecimento maior sobre si mesmos, seus sentimentos, gostos e hábitos é possível desenvolver uma maior inteligência emocional, conhecer seus limites e aprender a lidar melhor com as situações que podem surgir no caminho.

Além disso, através do desenvolvimento do autoconhecimento, os colaboradores terão mais informações para entender qual o seu verdadeiro propósito dentro da empresa.

Postura profissional no treinamento comportamental

A postura profissional é o conjunto de hábitos, atitudes e ética que o profissional toma no ambiente de trabalho.

O treinamento comportamental possibilita que os colaboradores se ajustem à cultura organizacional e desenvolvam uma postura profissional de acordo com as políticas da empresa.

Com isso, fica mais claro para o colaborador o que a empresa espera dele e ele poderá executar o seu trabalho de forma adequada.

Redução do turnover

Os colaboradores tendem a querer ficar em empresas que nutrem um clima de trabalho em equipe e investem no aperfeiçoamento pessoal e profissional de seus funcionários.

Os principais motivos que levam uma pessoa a se demitir são: falta de valorização e reconhecimento, ambiente desagradável, conflitos e má liderança.

E a maioria desses aspectos podem ser resolvidos com treinamentos comportamentais.

Gostou do nosso conteúdo?

Então aproveite e conheça também o Go Learning: uma Universidade Corporativa gratuita, criada pela Keeps e pensada para todos do T&D e RH. Um lugar onde você desenvolve as principais soft skills para o mundo corporativo atual.

Inscreva-se no Go Learning e faça parte dessa comunidade!

Perguntas frequentes sobre Treinamento Comportamental:

O que é um Treinamento Comportamental?

Treinamento Comportamental é um tipo de treinamento que visa aprimorar as atitudes e habilidades referentes ao comportamento dos colaboradores para que possam atender os valores e cultura da empresa. O objetivo desse treinamento evoluir os perfis dos colaboradores e consertar eventuais problemas existentes, como ruídos de comunicação, absenteísmo etc

Quais os tipos de Treinamento Comportamental?

Alguns dos principais tipos de Treinamento Comportamental são:

Habilidades de comunicação interpessoal: sem ela, as informações ficam estagnadas, os processos criam gargalos e os colaboradores não conseguem melhorar seus trabalhos.
Inteligência emocional: capacidade de um indivíduo compreender os próprios sentimentos de forma a desenvolver alguns pilares, como: autorresponsabilidade, compreensão e gerenciamento das emoções e atitude.
Capacitação de lideranças: mesmo aquelas pessoas que não se veem dessa forma podem desenvolver a habilidade de liderar efetivamente.
Gerenciamento de tempo: uma empresa deseja que seus colaboradores sejam produtivos e saibam utilizar o seu tempo de forma efetiva.
Como falar em público: treinamento para minimizar o medo de falar em público ou até mesmo a timidez é imprescindível.

Gustavo Formighieri
Possui graduação em Ciências da Computação e é especialista em Gestão de Projetos e Marketing Digital pela FGV, hoje atuando como fundador de COO da Keeps, ajudando as empresas a implantar e operacionalizar processos e ferramentas para capacitação dos colaboradores.
Continue sua pesquisa
Pesquisar

Está com alguma dúvida? ENTRE EM CONTATO COM A GENTE!

Relacionados

Converse com nossos especialistas

Descubra como nossa plataforma pode transformar sua equipe e impulsionar o crescimento da sua empresa. Agende agora uma demonstração exclusiva e veja como podemos lhe ajudar: