Employer branding: o que é e qual a sua importância para as empresas

Início » RH » Employer branding: o que é e qual a sua importância para as empresas

O valor do employer branding nas organizações é hoje cada vez mais reconhecido, pois o mercado de trabalho se encontra cada dia mais acirrado em ambas as mãos. Isto é, para quem busca uma oportunidade e para quem contrata. Todavia, há muitas dificuldades quanto a divulgação de uma boa vaga de trabalho, pois nem todo sujeito que procura aceita qualquer vaga, e nem toda empresa que entrevista aceita qualquer pessoa.

Employer branding

Há diversos critérios que são avaliados diante de uma entrevista e muitas características que uma empresa deve ter para obter o interesse do público, é preciso chamar atenção de alguma forma, fazendo com que a empresa seja um local atrativo para se trabalhar, e desperte interesse em pessoas focadas em seus objetivos e que se identifiquem com a oportunidade. Esta ação, quando entramos no ramo corporativo, possui o nome de Employer Branding, traduzido ligeiramente para “marca do empregador”. Neste post iremos apresentar sua definição, suas características, sua aplicação e, principalmente, ressaltar sua importância.

O que é Employer branding?

O Employer Branding é uma estratégia de marketing corporativo implantada pela equipe de RH. Ele é definido por um conjunto de ações e percepções que têm como objetivo passar uma visão positiva e inovadora a respeito do local de trabalho e do clima organizacional que a empresa possui, transparecendo a realidade do colaborador e suas experiências.

Desta forma, podemos dizer que a marca do empregador tem o intuito de gerar um conceito, externo e interno, favorável em prol da empresa. Pois uma vez que a empresa é bem vista externamente, ela vira um atrativo para pessoas qualificadas, visionárias e talentosas, focadas nos seus objetivos, facilitando, desta forma, a contratação e diminuindo o absenteísmo e a rotatividade nas empresas.

O que é Employer branding

Além disto, visto que para criar um ambiente corporativo, de fato, ideal, é necessário implantar ferramentas e incentivos para o bem estar profissional dos colaboradores, deste modo, gerando uma percepção positiva interna e garantindo a permanência dos colaboradores que apresentam um retorno de qualidade.

O que é Employer branding

Qual a importância do Employer branding?

Como visto, quando temos o employer branding bem aplicado e desenvolvido em uma empresa as chances de permanência de um bom colaborador no local são muito mais altas. Porém, a marca do empregador não resulta apenas na redução da rotatividade, ela possui outras características importantes que a torna relevante, como:

Aumento da produtividade

Estudos comprovam que o colaborador ao sair de casa com uma ideia positiva de seu trabalho promove mais satisfação e interesse em sua performance na empresa, resultando em um trabalho que é feito com qualidade e prazer.

Qual a importância do Employer branding
Aumento da produtividade

Redução de custos

Ao atrair diversas pessoas talentosas e dedicadas ao trabalho com o employer branding, torna-se mais assertiva a contratação e diminui significativamente os gastos por conta das contratações recorrentes.

Qual a importância do Employer branding
Redução de custos

Percepção positiva dos clientes

Uma vez que a empresa possui uma imagem de marca empregadora e um conceito de qualidade estabelecido entre os consumidores, a procura e o interesse pelo local se tornam maiores, visto que a integridade dos colaboradores também é um ponto avaliado por quem consome, além de toda qualidade do trabalho e de seus produtos.

Qual a importância do Employer branding
Percepção positiva dos clientes

Como aplicar o Employer Branding?

Agora que você já sabe do que se trata o employer branding e como ele é importante para o sucesso da empresa, é necessário entender como funciona sua aplicação e quais passos devem ser seguidos, são eles:

Como aplicar o Employer Branding

Tenha em mente seus objetivos

Para iniciar a etapa de implantação, é imprescindível estabelecer o conceito que a empresa quer transmitir para o público externo e os seus colaboradores. Todavia, esta percepção deve ser coesa com o conteúdo trabalhado pela organização.

Crie uma cultura especial

Após estabelecer suas metas é preciso colocar em prática para que o reconhecimento seja realmente alcançado. Para isso, é preciso constituir uma cultura corporativa que esteja de acordo com o local. Por exemplo, um escritório de advocacia não possuiria uma cultura muito voltada para a gamificação, diferente de uma empresa de aparelhos eletrônicos modernos, onde possuir um videogame na sala de lazer seria comum, mas ainda sim um diferencial entre as demais.

Seja presente nas mídias digitais

Outros meios de comunicação entre empresa, possíveis candidatos e clientes são as mídias digitais. Hoje, é comprovado que grande parte dos candidatos para uma vaga realizam uma breve pesquisa sobre a empresa. Para que esta pesquisa leve a uma visão positiva, é necessário um employer branding de qualidade nos meios sociais.

Trate seus candidatos de acordo com sua cultura

Fazer com que o candidato de potencial se sinta confortável desde o primeiro momento é de suma importância para o interesse definitivo. Apresente a rotina, ofereça algo para acompanhar a conversa, mostre as áreas de lazer e o diferencial que a empresa possui, entenda o que o interessado procura e ofereça ainda mais.

Incentive a comunicação interna

Por último, para obter uma boa conduta e resultados cada vez mais positivos dentro do ambiente corporativo, é preciso incentivar a comunicação entre os colaboradores em si, e entre os colaboradores e os líderes. Um canal digital para que todos possam tirar suas dúvidas e conversar melhor sobre determinados procedimentos facilita a compreensão e motiva a equipe a se envolver mais na performance da empresa.

Employer Branding e Educação Corporativa

Employer Branding e Educação Corporativa

Bom, antes de mais nada, é preciso deixar claro que Educação Corporativa não é um braço do Marketing. Mas, sim, uma prática fundamental dos setores de Treinamento e Desenvolvimento das empresas.

Dito isso, é inegável que todos os esforços da empresa no sentido de desenvolver seus colaboradores pessoal e profissionalmente são excelentes materiais para o trabalho de Endomarketing.

Numa lógica simples, as empresas que investem no desenvolvimento dos seus profissionais, com planos de desenvolvimento individual bem estabelecidos, tendem a ser mais atrativas para os profissionais que mais buscam por qualificação e autodesenvolvimento.

Ao mesmo tempo, esses profissionais tendem a ser os mais capacitados e aptos a desenvolver suas funções. Tudo isso, pode e deve ser utilizado pelas empresas para alimentar esse círculo virtuoso. Seja na seleção por competências, no onboarding, no treinamento, ou numa ação de Endomarketing.

Por essa e outras, que na Keeps, enxergamos a Educação Corporativa como uma das práticas de maior afinidade com o Employer Branding de uma empresa.

Conheça nossas soluções LXP e descubra como criar multiplicadores do conhecimento, utilizando o Konquest, o GameUp e o SmartZap.

Impulsione, mensure e analise os seus resultados de treinamento, através de uma plataforma de aprendizagem totalmente personalizável, que é a cara de qualquer empresa.

Faça um teste grátis.

As pessoas também perguntam:

Por que o Employer Branding é importante?

Quando o Employer Branding consegue ser elaborado na empresa com a atenção que merece, é mais fácil reduzir o turnover e manter colaboradores eficientes. Outras vantagens também acontecem, por exemplo:
Aumento da produtividade: quando o trabalho passa a ser visto através do Employer Branding, o colaborador produz com mais engajamento e interesse.
Redução de custos: com contratações acertadas, novos processos de recrutamento são evitados, o que ajuda a diminuir os custos.
Percepção positiva dos clientes: tudo o que afeta os colaboradores afetam diretamente o modo como interagem com os clientes. Assim, colaboradores motivados entregarão qualidade para os clientes.

Como desenvolver um Employer Branding?

Foque na meta da sua organização, naquilo que pretende alcançar, estruture e defina uma estratégia. Esse é o primeiro ponto que merece atenção. A partir daí, resultados positivos acontecerão. Outro ponto é o fato de que, para que o Employer Branding seja desenvolvido com êxito, deve estar de acordo com a cultura, os valores, os propósitos e as propostas da empresa.

Lilian Pamela
Possui formação em Gestão de Recursos Humanos, responsável pelo RH da Keeps, atuando como Analista de Recursos Humanos, Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Humano e Organizacional. Entusiasta de temáticas e aplicações sobre T&D.
Continue sua pesquisa
Pesquisar

Está com alguma dúvida? ENTRE EM CONTATO COM A GENTE!

Relacionados

Converse com nossos especialistas

Descubra como nossa plataforma pode transformar sua equipe e impulsionar o crescimento da sua empresa. Agende agora uma demonstração exclusiva e veja como podemos lhe ajudar: