Gestão Organizacional: conceito, tipos e como implementar
Início » Estruturas Organizacionais » Gestão Organizacional: conceito, tipos e como implementar

Sem tempo para ler?

Qualquer empresa que deseje obter sucesso no mercado precisa realizar uma Gestão Organizacional eficaz para ganhar destaque em meio à concorrência. Assim como as pessoas desenvolvem seus perfis individuais e habilidades particulares, as empresas acabam vivenciando esses mesmos desenvolvimentos.

Todas as empresas apresentam mapeamentos variados, bem como os fluxos internos e categorias de eficiência. O que define todos esses formatos é o tipo de gestão que foi adotado, diretamente conectado aos valores da organização e influenciando nas performances dos colaboradores e nas produções finais.

Gestão Organizacional: conceito, tipos e como implementar

O que é Gestão Organizacional?

Gestão Organizacional é a reunião de tarefas relacionadas à estruturação, mapeamento e ordenação dos procedimentos e do RH no intuito de desenvolver entregas positivas e alcançar os objetivos convencionados.

Inovação Organizacional

Haja vista a atuação empresarial acontecer em um ambiente onde a concorrência é cada vez mais intensa, é essencial que a empresa saiba organizar, compor e elaborar seus processos e assim reforçar seu espaço no mercado.

Qual a função da Gestão Organizacional?

Qual a importância da Gestão Organizacional? Uma Gestão Organizacional de sucesso procura entregar benefícios constantes aos sistemas internos, visando o tempo inteiro a produção de soluções positivas para a empresa.

Para que os resultados aconteçam de acordo com o esperado, o ambiente organizacional precisa ser favorável para os colaboradores, permitindo que as equipes troquem informações etc.

Qual a função da Gestão Organizacional?

Tipos de Gestão Organizacional

Qual o papel da Gestão Organizacional? Depende a intenção à qual ela se direciona. Alguns dos principais tipos de Gestão Organizacional são:

Tipos de Gestão Organizacional

Gestão por Resultados

Na Gestão por Resultados os alicerces fundamentais são as finalidades e os propósitos da empresa, que precisam estar interligados ao mapeamento tático da empresa.

Esse método de gestão pretende que gestores e colaboradores se reúnam e trabalhem conjuntamente para conseguir entregar o que foi anteriormente determinado. Essas repercussões devem ser monitoradas o tempo inteiro.

Seleção por Competências

O foco desse modelo de gestão e é no resultado, não sendo tão essenciais as ferramentas utilizadas para concluí-lo. Cada meta é definida para um nível específico da organização.

A Gestão por Resultados também apresenta como característica a necessidade de feedbacks. Rotineiramente devem ser analisadas as performances das equipes, observando o que já foi feito e o quanto se aproxima do que foi inicialmente programa. Caso seja necessário implementar melhorias, esse é momento de fazê-lo.

Quando falamos em Gestão por Resultados, tanto os gestores quanto os colaboradores devem entender o que de fato é necessário que seja entregue.

Esse tipo de atitude ajuda a dar atenção às metas iniciais, auxiliando no comprometimento e no incentivo de ambos.

Gestão Democrática

A Gestão Democrática tem como foco a cooperação dos colaboradores nos processos decisórios da empresa e sua colaboração atuante nas determinações técnicas.

Nesse tipo de Gestão Organizacional, o capital intelectual da empresa recebe maior atenção, de modo que estabelecer conexões entre os colaboradores é considerado algo essencial.

Como permitir que os colaboradores consigam atuar nos processos decisórios da empresa?

É simples. Basta que a organização esteja ciente de suas habilidades estratégicas e compreenda as qualidades e competências dos seus colaboradores.

No modo de agir proposto pela Gestão Democrática, os colaboradores analisam algum contratempo ou desafio existente, tendo em vista a cultura e os valores organizacionais, desenvolvem uma decisão competente.

A capacidade de se comunicar com objetividade e clareza são pontos imprescindíveis nesse tipo de gestão, que busca engajar os colaboradores e torná-los parte da empresa.

Gestão por Processos

Na Gestão por Processos a empresa procura sempre aperfeiçoar os métodos organizacionais.

Quando a empresa opta por esse tipo de Gestão Organizacional, são observadas e analisadas as performances dos sistemas e pretende que sejam uniformizados. A intenção é sempre desenvolver estratégias positivas.

Na Gestão por Processos, procura-se evoluir as conexões entre todos os setores da empresa, organizando os sistemas de trabalho e diminuindo os custos.

O objetivo de estruturar e reunir dados acerca dos sistemas da empresa é permitir que sejam acessados com mais clareza, objetividade e eficácia, estando sempre conectados às metas da empresa.

Se a empresa se preocupa com a evolução dos seus processos, certamente entregará produtos e serviços cada vez melhores.

Gestão Centralizada

Na Gestão Centralizada, as decisões deixam de ser divididas e passam a ser apenas do líder.

Nesse tipo de Gestão Organizacional, o gestor é o foco. É através dele que são determinados os focos, as demandas, as análises de performances, retornos e demais atividades.

A Gestão Centralizada é bastante utilizada por empresas que ainda possuem colaboradores com menos habilidades e prática. Por conta disso, geralmente o gestor precisa assumir o papel de liderança e conduzir os colaboradores.

Como implementar a Gestão Organizacional

Como implementar a Gestão Organizacional

Quais os processos da Gestão Organizacional? Existem algumas estratégias recomendadas para que a Gestão Organizacional na sua empresa passe a acontecer de modo eficaz, permitindo que você alcance os resultados almejados para a sua empresa.

Observe as seguintes etapas:

Defina prioridades

Obviamente, as atividades essenciais e imediatas são o centro das atenções da empresa.

Porém, também deve ser levado em conta: metas, dados, programas de treinamento e desenvolvimento dos colaboradores etc. Tudo deve ser fonte de observação, pois sem isso, os possíveis erros e retrabalhos aumentam.

Dedique tempo ao planejamento estratégico

Estruturar os dados da empresa ajuda muito durante os procedimentos decisórios, na análise de sistemas e na mensuração das conclusões.

Todavia, para que o planejamento estratégico funcione, deve ser reavaliado com frequência, observando que as ações organizacionais precisam estar de acordo com os panoramas empresariais nacionais e internacionais.

Procure nivelar a comunicação interna

A parte mais importante de qualquer empresa é o seu capital humano. Pois é através dele que a organização fortalece suas capacidades.

Os colaboradores precisam manter a comunicação entre todos os setores e também com os seus gestores de modo acessível e possível.

Uma boa comunicação é algo cada vez mais valorizado no ambiente organizacional, considerado um dos pilares da empresa. Por qual motivo? Porque através da comunicação são repassadas as metas empresariais e o que fazer para que elas sejam concluídas.

Desenvolver um pensamento estratégico é o passo essencial para um gestor. Isso faz que com os riscos diminuam e todas as futuras metas entreguem resultados cada vez mais positivos.

Como implementar a Gestão Organizacional

Gostou desse conteúdo?

Acesse o Blog da Keeps e descubra novas estratégias de gestão cada vez mais utilizadas e em posição de destaque, junto a métodos de trabalho eficazes e atuais. Aproveite e descubra também o que a Keeps tem a oferecer dentro do Go Learning, nossa Universidade Corporativa!

Perguntas frequentes sobre Gestão Organizacional:

Quais são os tipos de Gestão Organizacional?

Gestão por Resultados: foca nas finalidades e propósitos da empresa, que precisam estar interligados ao mapeamento tático organizacional.
Gestão Democrática: foca na cooperação dos colaboradores nos processos decisórios da empresa e sua colaboração atuante nas determinações técnicas.
Gestão por Processos: aqui são observadas e analisadas as performances dos sistemas e pretende que sejam uniformizados. A intenção é sempre desenvolver estratégias positivas.
Gestão Centralizada: as decisões deixam de ser divididas e passam a ser apenas do líder. É através dele que são determinados os focos, as demandas, as análises de performances, retornos e demais atividades.

Qual a funcionalidade de uma Gestão Organizacional?

O foco da Gestão Organizacional é a desenvolver atividades condizentes à estruturação, mapeamento e ordenação dos procedimentos e do RH, visando criar entregas positivas e alcançar os objetivos estipulados.

LXP

Alguma dúvida?​

Preencha os campos abaixo e pergunte a um especialista:

Relacionados