Competências Comportamentais: o que são, tipos e como avaliar
Início » Psicologia Organizacional » Competências Comportamentais: o que são, tipos e como avaliar

Sem tempo para ler?

As transformações ocorridas no mundo organizacional estimularam o surgimento de novas formas de relações de trabalho cada vez mais dinâmicas e flexíveis, exigindo com isso o aprimoramento das ditas Competências Comportamentais. Em um mercado altamente competitivo e em constante mudança, as Competências Comportamentais têm representado um grande diferencial para o sucesso e fracasso de uma empresa.

Competências Comportamentais são consideradas características ímpares dentro dos processos de recrutamento e seleção. Dado que existem diversos exemplos de Competência Comportamental, é de suma importância identificar quais são as mais desejadas e valorizadas dentro do cenário corporativo. Conhecendo-as, podemos buscá-las e desenvolvê-las, garantindo uma melhor seleção e desenvolvimento dos colaboradores. Para saber mais, continue lendo!

O que são as Competências Comportamentais?

As Competências Comportamentais são as capacidades socioemocionais que dizem mais respeito ao querer fazer, da atitude, do que o real saber.

Comunicação Não Violenta

São consideradas Competências Comportamentais o saber agir, com responsabilidade e reconhecimento, possibilitando a capacidade, habilidade, aptidão, idoneidade, mobilização, integração, transferência de conhecimentos, levando assim a um desempenho elevado.

Segundo Chiavenato, autor área da administração e dos recursos humanos:

“A competência constitui um repertório de comportamentos capazes de integrar, mobilizar, transferir conhecimentos, habilidades, julgamentos e atitudes que agregam valor econômico à organização e valor social à pessoa.”

Além disso, essas habilidades estão ligadas aos comportamentos pessoais percebidos tanto no âmbito pessoal quanto no empresarial.

O desenvolvimento dessas competências traz consigo melhores atitudes, novos conhecimentos, o descobrimento de habilidades até então ocultas, o afloramento de valores humanos de convivência consigo e com o outro e, principalmente, controlar e equilibrar emoções na busca de objetivos.

Competências Comportamentais e Técnicas

As competências técnicas estão diretamente relacionadas aos métodos, processos, técnicas desenhadas para conduzir uma atividade específica e habilidades de utilizar ferramentas e operar equipamentos.

Assim sendo, as competências técnicas são adquiridas através da aprendizagem educacional e pela aplicação da prática no trabalho.

Comunicação Não Violenta

Tratam-se de habilidades de mais simples  aprendizagem, treino e, tipicamente, mais fáceis de observar, medir e quantificar em um colaborador.

Neste ponto reside uma diferença basilar entre as Competências Comportamentais e as competências técnicas, pois as comportamentais, de modo geral, não são alcançadas apenas com cursos profissionalizantes ou na educação tradicional, e sim através de um autodesenvolvimento.

Por fim, cabe mencionar a complementaridade existente entre os dois tipos de competências.

Enquanto as competências técnicas garantem o potencial dos colaboradores na execução, as Competências Comportamentais criam as condições cognitivas necessárias para a execução das ideias na prática.

Quais são as principais Competências Comportamentais?

Quais são as Competências Comportamentais desejáveis? Devem ser considerados:

Comprometimento

Adotar postura de trabalhar em equipe ajudando as pessoas no dia a dia ou na construção de algo, de forma a compartilhar sempre o seu melhor e pensar nos objetivos gerais da organização.

Raciocínio lógico

Trata-se de uma das Competências Comportamentais que visa buscar soluções ou respostas para os problemas do dia a dia através da decomposição de problemas complexos em partes menores, agilizando o resultado e facilitando a tomada de decisão.

Estabelecer comparações entre as soluções propostas a partir da avaliação de critérios que envolvem custo x benefício, alinhamento às políticas, missão, visão e valores da instituição e a sua estratégia atual.

Comunicação

Comunicar-se não só com a fala e a escrita, mas também com as atitudes e ações consideradas positivas no dia a dia a partir da cultura e dos valores da empresa.

Expressar-se com clareza e objetividade, adotando uma postura de naturalidade e segurança. Praticar escuta ativa e desenvolver argumentação objetiva.

Relacionamento

Relacionar-se com o outro tendo a si mesmo como o centro da qualidade desta relação.

Conhecer a sua responsabilidade enquanto indivíduo pela qualidade da relação com a equipe, pares e superiores.

Resiliência 

Sempre haverá dificuldades e percalços no caminho de uma carreira ou de um negócio, desse modo, a resiliência é um fator diferencial de sucesso aliado à busca constante de conhecimento e atualizações, sendo uma importante parte das Competências Comportamentais.

Entretanto, não se pode ter uma visão ingênua e acrítica sobre a influência dos aspectos de personalidade e comportamentais, achando que são suficientes para garantirem sucesso de um empreendimento ou de um colaborador.

Empreender um negócio e ascender em uma carreira é uma atividade complexa e que requer não só “boa vontade” ou “forte tino para negócio”; antes, requer conhecimento, estudo, pesquisa de mercado e outros fatores de ordem econômica e política.

Como avaliar Competências Comportamentais?

A frase “as empresas contratam pelo currículo e demitem pelo comportamento” é bastante conhecida, e se refere justamente às Competências Comportamentais, muitas vezes deixadas de lado nos processos de seleção.

Desse modo, para que a contratação seja assertiva, é de suma importância realizar a análise das Competências Comportamentais do candidato, buscando sempre o perfil comportamental mais adequado para a vaga a ser preenchida.

Alguns passos devem ser seguidos para a realização de um bom processo avaliativo e entender como desenvolver Competências Comportamentais, são eles:

  • Utilizar as informações sobre o trabalho para definir os atributos mais relevantes;
  • Empregar técnicas de seleção tais como as entrevistas, as técnicas vivenciais, as provas de conhecimento e os testes de personalidade;
  • Sempre considerar as Competências Comportamentais e Técnicas como valores complementares.

Gostou do nosso conteúdo?

Visite o Go Learning, a Universidade Corporativa da Keeps, voltada T&D e RH, com conteúdos exclusivos desenvolvidos por profissionais preparados, através dos quais você poderá aprender, gratuitamente, sobre diversos temas voltados à psicologia organizacional, como este que dissertamos acima!

Inscreva-se no Go Learning e faça parte dessa comunidade!

Perguntas frequentes sobre Competências Comportamentais:

O que são Competências Comportamentais?

Competências Comportamentais são as práticas e condutas dos colaboradores, responsáveis por engajá-los e direcioná-los a agir com talento e capacidades suficientes acerca de conhecimentos específicos, conseguindo assim concluir suas demandas de modo positivo e eficaz.

Quais são consideradas as principais Competências Comportamentais?

Algumas das competências mais recomendadas pelas empresas são:

– Comprometimento.
– Raciocínio lógico.
– Comunicação.
– Relacionamento.
– Resiliência.

LXP

Alguma dúvida?​

Preencha os campos abaixo e pergunte a um especialista:

Relacionados