Metodologia 6Ds na Educação Corporativa

Sem tempo para ler?

A metodologia 6Ds é um dos métodos de solução de T&D para colaboradores, com resultados eficazes para sua corporação. Quando falamos em educação empresarial, a certificação 6Ds pode ser uma das medidas adotadas na busca de elevar o padrão de qualidade de uma equipe.

A seguir, explicaremos mais sobre esta metodologia e como aplicá-la.

O que é a Metodologia 6Ds?

A Metodologia 6Ds é uma experiência de aprendizagem que atua como forma de desenvolvimento pessoal e profissional do colaborador. Consiste em um conjunto de seis disciplinas práticas que auxiliam em mudanças comportamentais prósperas para a corporação; descoberta de novas habilidades; rotinas que facilitem a aprendizagem nos programas de T&D e, consequentemente, melhor alcance das metas empresariais.

Através dessa metodologia, a educação transforma-se em resultado efetivo para o ambiente organizacional, com uma série de passos estratégicos para capacitação. Os/as seis passos/disciplinas são:

  1. Determinar;
  2. Desenhar;
  3. Direcionar;
  4. Definir;
  5. Dar apoio;
  6. Documentar.

Quem criou a Metodologia 6Ds?

A metodologia foi desenvolvida por três pesquisadores: Calhoun Wick, Andrew Jefferson e Roy Pollock. O intuito era auxiliar na evolução dos programas de T&D organizacionais, fazendo com que os responsáveis pelo RH e gestão de pessoas entregassem um trabalho cada vez mais fluido.

Dessa pesquisa, resultou o livro “6Ds: as seis disciplinas que transformam educação em resultados para o negócio”, explicando como funciona o método por eles criado e a desenvolver programa de treinamento com as 6Ds auxiliando na obtenção de melhores resultados.

Como aplicar a Metodologia 6Ds?

1D — Determinar os Resultados para o Negócio

Nesta etapa, deve-se decidir o melhor resultado de aprendizagem encontrado para vincular ao treinamento das equipes, trabalho este que deve ser executado pelos profissionais de Recursos Humanos, incentivando o colaborador a elaborar uma performance de abordagem efetiva para a empresa. Deve ser feita a pergunta: quais resultados o treinamento deve atingir? Em seguida, concentra-se nas necessidades a serem sanadas; o que precisa melhorar no desempenho; quais as estratégias fundamentais para que a educação corporativa seja eficaz etc.

Colaboradores com bom desempenho aumentam o nível da empresa e auxiliam na manutenção de sua competitividade no mercado, daí a necessidade de haver constante investimento em T&D. E para que a aprendizagem seja permanente, o comprometimento das lideranças de equipes é fundamental, uma vez que os colaboradores precisam sempre ser encorajados — antes, durante e após os treinamentos.

O retorno do treinamento poderá ser avaliado posteriormente, depois da análise de valores do investimento. Nesta etapa, os resultados concretos são a meta principal. O colaborador deve enxergar no processo todos os retornos que aquele estudo trará para a sua função, especialmente na execução de tarefas da sua rotina, impactando positivamente a produção geral no ambiente organizacional.

Em resumo, podemos concluir que a disciplina 1:

– conecta as metas dos programas de T&D às metas organizacionais;

– detalha quais mudanças serão implantadas pelos colaboradores;

– o conceito de desempenho eficaz é o mesmo para todas as partes envolvidas.

2D — Desenhar uma Experiência Completa

Nesta disciplina pode-se observar que o treinamento não é algo pontual, com horário de início e fim determinados, e sim um processo complexo e completo, com etapas que acontecem antes, durante e depois da aprendizagem. Estas etapas são:

  1. Preparação — seleção dos colaboradores que participarão, priorizando aqueles que mais se beneficiarão e ajudarão a impactar a empresa; e planejamento dos trabalhos.
  2. Aprendizagem — etapa onde ocorre o treinamento e as vantagens obtidas com cada conteúdo.
  3. Transferência — onde as práticas são estimuladas e tudo o que foi aprendido é reforçado.
  4. Realização — momento onde o colaborador consegue reconhecer os resultados obtidos com o treinamento.

Quanto à disciplina 2, conclui-se que um curso de metodologia 6Ds:

  • engloba as 4 fases de aprendizado;
  • mapeia e administra todos os procedimentos de transmissão do aprendizado;
  • reorganiza a etapa final junto ao cumprimento das demandas.

3D — Direcionar a Aplicação para a Prática

É fundamental nesta fase que os colaboradores participantes do treinamento consigam aplicar o conhecimento obtido, na prática laborativa do seu cotidiano, sendo capazes de visualizar com clareza os benefícios estratégicos.

Através dá prática, o que foi aplicado consegue ser melhor fixado na memória, motivo pelo qual são criadas ações para que os colaboradores efetivamente utilizem o aprendizado somatizado no treinamento e sigam inspirados a elaborar a importância do processo como um todo.

Podemos resumir esta etapa do seguinte modo:

  • torna o conteúdo útil e relevante;
  • permite que exista oportunidade de trabalhar o feedback;
  • trabalha com ferramentas que capacitam o aprendizado.

4D — Definir a Transferência do Aprendizado

Finalizadas as ações de T&D, os responsáveis por sua execução devem continuar a aplicar a aprendizagem, fazendo análise da prática dos colaboradores e avaliando os desempenhos individuais. Através dessa análise, é possível alinhar as metas do colaborador às metas da empresa, obtendo resultados esperados e implementando o conhecimento adquirido através dos feedbacks que servem como incentivo de continuidade do processo de treinamento.

Algumas práticas são utilizadas para ajudar na continuidade, como mentoria, lembretes, balanços de resultados etc. Todas essas ferramentas têm como foco reforçar o conhecimento e a manutenção de resultados satisfatórios.

Nesta etapa, o colaborador:

  • entende o compartilhamento como parte de processo;
  • reconhece as metas do aprendizado e as metas da empresa como uma coisa só;
  • encontra métodos e ferramentas que ofertam suporte ao compartilhamento.

5D — Dar Apoio à Performance

O colaborador precisa ter apoio em tempo integral para que consiga aplicar os conhecimentos e habilidades desenvolvidos durante o T&D. Devem ser consideradas ações de manutenção dos benefícios do treinamento e somatizada, a todo tempo, a motivação dos colaboradores, como por exemplo: disponibilizar conteúdo online, criar guias de boas práticas e obter reforço positivo dos líderes de equipes.

A disciplina 5:

– engloba os gestores de cada colaborador/equipe;

– ajuda tanto no trabalho em si quanto nos métodos que auxiliam a performance de cada um;

– compromete-se quanto ao T&D e ao feedback.

6D — Documentar os Resultados

Nesta última etapa, é feita avaliação dos resultados do treinamento. Estuda-se as metas que devem ser atingidas, quais os parâmetros para comparação, qual o cronograma a ser implementado e os dados a serem analisados. Nessa sexta disciplina é o momento de observar o que pode ser feito para implementar melhorias nos próximos programas de T&D e o que já conseguiu alcançar o potencial almejado. No final, todo o material deve ser documentado e arquivado.

Em resumo, a última etapa:

– é a responsável por mensurar os resultados da D1;

– utiliza-se de inspirações para seguir evoluindo;

– comercializa todos os resultados obtidos.

Quais os benefícios de implementar a Metodologia 6Ds?

Diante de todo o exposto, é fácil observar alguns dos benefícios decorrentes da aplicação da Metodologia 6Ds. Merecem destaque os seguintes:

Eficácia dos treinamentos — a capacitação pode ser convertida com mais facilidade e eficiência, por conta da metodologia aplicada.

Desenvolvimento de um ciclo de conhecimento — fazendo do treinamento um processo constante, desenvolve-se um ciclo de aperfeiçoamento da empresa.

Manutenção do engajamento da equipe — através de um novo planejamento, os comportamentos da equipe são mudados e passam a se alinhar aos objetivos almejados.

Conclusão

Nos 6Ds de gestão da carreira, os programas de T&D desenvolvidos pela empresa são fontes de investimento para a valorização e eficiência de seu capital humano.

Os gestores assumem um compromisso ético para garantir o retorno diante do investimento realizado. É esperado que os resultados entreguem melhores performances e mais competitividade no mercado.

A metodologia 6Ds, através de suas 6 disciplinas, são capazes de moldar a educação corporativa em resultados válidos para a organização, como valorização da empresa, melhoria no aprendizado e maior iniciativa no desenvolvimento corporativo.

Empresas que passaram a utilizar as 6Ds na educação corporativa conseguiram aumentos significativos no reconhecimento e no apoio que passaram a ter, se comparado ao momento anterior.

Go Learning!

Quer saber tudo sobre a Metodologia 6Ds?

No Go Learning você encontra disponível um curso completo da Metodologia 6Ds, criado pelo fundador da Keeps, Gustavo Formighieri, que também é certificado 6Ds!

O Go Learning é a Universidade Corporativa da Keeps: um ambiente LXP pensado para desenvolver e impulsionar o conhecimento nas organizações.

Lá você encontra tudo para entender e aprender uma forma diferente de pensar seus treinamentos, olhando para os resultados da sua empresa.

E o melhor: os cursos emitem certificados e são totalmente gratuitos!

Inscreva-se no Go Learning e conheça esse e muitos outros cursos, pensados para T&D e RH, em parceria com grandes influências dessas áreas.

Contato

Relacionados

20/05/2022
Análise de causa raiz é uma metodologia que pode ser utilizada e adaptada a vários setores e ocas...
16/05/2022
No cotidiano organizacional é natural que alguns desafios aconteçam, afinal, erros e problemas se...

TRAGA A SUA EMPRESA PARA

A MELHOR LXP DO BRASIL

Capacite mais, em menos tempo e com menor custo.