LRM = LMS + LXP: a Gestão dos Resultados de Aprendizagem
Início » RH » LRM = LMS + LXP: a Gestão dos Resultados de Aprendizagem

Sem tempo para ler?

Você já ouviu falar em Learning & Results Management, ou LRM? São tantas siglas no mundo do “Learning”, que muitas vezes acabamos confundindo esses novos conceitos que surgem, sobretudo na área de Tecnologia.

Neste artigo, iremos explicar sobre um novo conceito de LRM. Aqui, você irá compreender com maior clareza, sobre o que é, de fato, e como fazer uma Gestão dos Resultados de Aprendizagem qualificada.

O que é LRM (Learning & Results Management)?

O LRM, do inglês Learning & Results Management, é um novo conceito de Learning, focado na Gestão dos Resultados de Aprendizagem em Empresas e Instituições de Ensino.

GAMIFICAÇÃO
O que é LRM (Learning & Results Management)

O princípio do LRM advém do desenvolvimento de Tecnologias baseadas em Ciência de Dados, que possam ser integradas a outras ferramentas educacionais, a fim de reunir, quantificar e qualificar as ações de educação (dados) realizadas nessas plataformas (LMS ou LXP, por exemplo).

Por esta razão, devemos entender o LRM como uma solução em órbita, que circunda outras plataformas de ensino, coletando e analisando os dados de aprendizagem.

Como surgiu o LRM?

Como tudo na Tecnologia deriva de uma necessidade latente, podemos dizer que o LRM nasceu para suprir um grande gap da Educação Corporativa. Nesse caso, na hora de comprovar o ROI de T&D e promover maior eficiência de processos educacionais, através da consolidação e Análise de Dados.

Com o avanço da Inteligência Artificial e da Ciência de Dados nos últimos anos, alguns dos maiores pesadelos do RH começaram a ficar no passado.

Qual a diferença entre LRM, LMS e LXP?

O conceito de LRM foi explicado anteriormente como uma solução em órbita, que pode ser integrada a diferentes ambientes de ensino, como LMS e LXP. Logo, a principal diferença do LRM para o LMS e a LXP é que LRM não é um ambiente de ensino, propriamente dito, enquanto LMS e LXP sim.

LMS

O Learning Management System, ou LMS, é uma tecnologia mais antiga, que podemos reconhecer nas Plataformas EaD convencionais. São ambientes virtuais de aprendizagem controlados de forma vertical, onde todo conteúdo é “subido” previamente (em geral, por meio de pacotes SCORM).

Qual a diferença entre LRM, LMS e LXP

Além disso, no LMS, a gestão do conhecimento é feita SEM (ou com muito pouco) uso de Inteligência Artificial.

LXP

Como consequência, encontram-se alguns desafios a serem superados:

Tempo de implantação e atualização do sistema muito longos

Isso ocorre principalmente pela limitação da tecnologia em si, já que pacotes SCORM, por exemplo, demandam uma mão de obra especializada, que normalmente não são das mesmas pessoas que criam os conteúdos.

Gestão do conhecimento limitada e com baixa eficiência

No LMS, embora seja possível mensurar o tempo de um determinado conteúdo, não é possível determinar por quanto tempo um conteúdo foi efetivamente consumido. Quer dizer, por exemplo, que no LMS alguém pode finalizar um curso apenas clicando em “Próximo, próximo, próximo” nos conteúdos e indo direto para as avaliações ou projetos.

Além disso, apenas os gestores do sistema têm acesso à criação de conteúdos, que devem ser consumidos em uma sequência estática e pré-programada.

LXP

Já quando o assunto é Learning Experience Platform, ou apenas LXP, estamos falando de uma espécie de evolução tecnológica e geracional dos LMS, ou plataformas EaD, convencionais.

Qual a diferença entre LRM, LMS e LXP

O maior diferencial está relacionado à experiência de uso, com auxílio de Inteligência Artificial para guiar as jornadas de aprendizagem. São ambientes de ensino pensados para oferecer protagonismo às pessoas, estimulando a aprendizagem ativa, facilitando a criação de cursos e conteúdos de um jeito intuitivo e com interatividade.

Numa lógica parecida com o Netflix, a plataforma LXP consegue sugerir conteúdos a partir das preferências de cada usuário. Isso torna a experiência de aprendizagem muito mais dinâmica e personalizada.

Também há vantagem na Gestão do Conhecimento, pois a LXP apresenta um caráter colaborativo, onde o administrador da plataforma é capaz de habilitar usuários que também sejam capazes de criar cursos no ambiente de ensino.

Como na LXP não é preciso saber programar, nem ser um especialista em educação, para criar cursos, fica muito mais rápido e fácil tornar-se um Multiplicador do Conhecimento.

Até aqui, tudo ótimo. Mas existe um ponto em que o LMS sempre esbarrou, que o LXP seguia esbarrando, quando um Gestor, ao analisar uma nova proposta de plataforma, perguntava ao fim da reunião:

“Mas como eu consigo comprovar o retorno sobre esse investimento?”

LRM

É ai que voltamos ao tópico principal deste artigo, onde surgem conceitos como o LRM e tecnologias como o Learning Analytics, para resolver os problemas de Gestão dos Resultados de Aprendizagem.

Especialmente, no intuito de oferecer dados consolidados e confiáveis o suficiente para servir de parâmetro à mensuração do ROI (Return Over Investiment).

Por que LRM = LMS + LXP?

De forma didática, optou-se por explicar o que significa LRM, a partir da sua associação com outras siglas já bem conhecidas, LMS (Learning Management System) e LXP (Learning Experience Platform).

Assim temos: LRM = LMS + LXP.

Entretanto, como já vimos, o LRM é uma solução acoplada, que tem por objetivo a gestão dos resultados de aprendizagem em outras soluções de ensino. Dessa maneira, podemos inferir que o LRM pode ser integrado tanto a um LMS, somente, como a uma LXP.

Mas então, por que LRM = LMS + LXP?

Para interpretar esta fórmula corretamente, precisamos primeiro entender a razão de existir do LRM, a partir de um problema comum ao LMS e ao LXP. Ou seja, a Gestão do Conhecimento e dos Resultados de Aprendizagem.

Assim temos: LRM = Resolver Problemas de Gestão em LMS + Resolver Problemas de Gestão em LXP.

No fundo, é como se fosse a soma do princípio pragmático dos sistemas LMS, com toda a inovação e experiência de uso das plataformas LXP, sem as dificuldades para comprovar resultados de ambas.

LRM e o futuro da Educação Corporativa

Por que LRM = LMS + LXPQual a diferença entre LRM, LMS e LXP

Depois da LXP transformar a experiência de aprendizagem com um conceito de blended learning, microlearning e personalização do ensino, chegou a vez do LRM.

Essas tecnologias voltadas à gestão de resultados de educação, mais do que comprovar o ROI, ajudam a completar um ciclo de desenvolvimento tecnológico. O LRM é o futuro da Educação Corporativa, porque ajuda a consolidar os avanços da LXP e torna possível a criação de Ecossistemas de Aprendizagem complexos e integrados.

Estamos falando de Ambientes Web de ensino completos e imersivos. Da ampliação do Mobile Learning com Apps e soluções gamificadas. Cursos via aplicativos de mensagem e tudo que possa ser integrado a uma ferramenta de LRM.

Dessa maneira, os gestores conseguem fazer a gestão dos resultados de educação em todos os ambientes de aprendizagem. Isso eleva a diversificação e a complementariedade das propostas de ensino, criando um Ecossistema de Aprendizagem conectado, inovador e eficiente.

Conhecendo um Ecossistema de Aprendizagem

A Keeps é LRM por vocação, pois todas as soluções desenvolvidas são pensadas para a Gestão dos Resultados de Aprendizagem. Todavia, a Keeps também é um LMS, pois oferece um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). E LXP, já que desenvolve soluções de educação com base em Inteligência Artificial, focadas na experiência de aprendizagem dos usuários.

Além do ambiente web ser responsivo, a Keeps também oferece dois produtos específicos para Mobile Learning, através de um App gamificado e de uma ferramenta para a capacitação via WhatsApp.

Isso significa que a Keeps dispõe de um Ecossistema de Aprendizagem completo, com um LRM focado na Gestão de Resultados, mas também conectado e preparado para a integração entre as diferentes modalidades educacionais. Sem falar na facilidade para a criação de cursos em todos os formatos de conteúdo.

Para saber mais, conheça nossas soluções e descubra como o Konquest, o GameUp e o SmartZap estão ajudando a desenvolver e impulsionar conhecimento nas organizações.

Você também pode Solicitar uma Demonstração Gratuita com o nosso time de especialistas.

Perguntas frequentes sobre LRM?

O que é LRM?

O LRM, do inglês Learning & Results Management, é um novo conceito de Learning, focado na Gestão dos Resultados de Aprendizagem em Empresas e Instituições de Ensino. O princípio do LRM advém do desenvolvimento de Tecnologias baseadas em Ciência de Dados, que possam ser integradas a outras ferramentas educacionais, a fim de reunir, quantificar e qualificar as ações de educação (dados) realizadas nessas plataformas (LMS ou LXP, por exemplo).

Por esta razão, devemos entender o LRM como uma solução em órbita, que circunda outras plataformas de ensino, coletando e analisando os dados de aprendizagem.O que e LRM?

Qual a importância do LRM?

O LRM é uma tecnologia desenvolvida para gestão dos resultados de aprendizagem, que nasceu para suprir um grande gap da Educação Corporativa. Mais especificamente na hora de comprovar o ROI de T&D e promover maior eficiência de processos educacionais, através da consolidação e Análise de Dados. Com o avanço da Inteligência Artificial e do Big Data nos últimos anos, soluções como o LRM ajudam grandes empresas a deixar alguns dos maiores pesadelos do RH no passado.Qual a importância do LRM?

Contato

Relacionados