Plano Anual de Treinamento (PAT): o que é e como fazer

Início » T&D » Plano Anual de Treinamento (PAT): o que é e como fazer

Na sua empresa, no setor de T&D, com certeza já foram elaborados diversos planos de treinamento e desenvolvimento. Mas será que Você já ouviu falar do Plano Anual de Treinamento? Então, o PAT é uma poderosa ferramenta para a empresa mapear as capacitações e os treinamentos fundamentais para que os colaboradores atinjam suas metas e objetivos. A seguir, te ajudaremos a montar o Plano Anual de Treinamento do modo mais eficaz para sua empresa. Acompanhe!

O que é o plano anual de treinamento?

Plano Anual de Treinamento, usualmente chamado de PAT, é onde são estruturadas todas as agendas de capacitação dos colaboradores a serem realizadas no ano, de modo a sistematizar os treinamentos e garantir a eficácia de sua concretização.

Na sua rotina como Diretor(a) ou Coordenador(a) de T&D, em algum momento você já deve ter utilizado o Plano Anual de Treinamento (PAT).

O PAT não tem mistério, se trata de um planejamento anual de todas as capacitações e treinamentos da empresa.

Quando o plano anual de treinamento é realizado, a empresa consegue identificar, desenvolver e disponibilizar as capacitações necessárias para que os colaboradores alcancem suas metas do ano.

Agora eu te conto a melhor parte: a Keeps tem a solução exata para facilitar as capacitações que você pontuar como essenciais para o cumprimento do seu PAT!

Como fazemos isso? Principalmente através da nossa plataforma LMS ou LXP, o Konquest, que foi pensado e desenvolvido com a função de otimizar a Educação Corporativa da sua empresa.

O Konquest é uma plataforma de capacitação criada para hospedar e facilitar os seus programas de T&D, contando com o que há de mais moderno em tecnologia e focando na entrega da melhor experiência de aprendizagem possível para o usuário final.

Qual o objetivo do plano anual de treinamento?

Se você não realiza o plano anual de treinamento na sua empresa, certamente existe uma questão principal por aí nesse momento: por que eu devo realizar o PAT na minha empresa?

A resposta é simples: para garantir que os colaboradores alcancem suas metas através de programas de capacitações.

Com os programas de treinamento, o resultado acaba sendo o aumento no engajamento dos colaboradores e na produtividade da empresa.

Parece fácil, certo? Mas isso vai sempre depender da estrutura da empresa quando o assunto é treinamento e desenvolvimento. 

Se você não tem uma Universidade Corporativa na sua empresa, já passou da hora! E sabe o que é ainda melhor? A possibilidade de uma Universidade Corporativa Digital ou Híbrida.

Mas por que estamos falando isso? Porque utilizar uma plataforma facilita toda a sua rotina de Educação Corporativa online. Nós podemos te ajudar a implantar sua Universidade Corporativa do zero ou te auxiliar no processo de troca de LMS por um produto mais inovador.

Com uma plataforma LMS ou LXP não tem erro, todos os objetivos do seu Plano Anual de Treinamento serão facilitados, pois estamos falando da melhor estrutura para hospedar os seus cursos e trilhas de conteúdo voltados para os programas de T&D.

Como elaborar um plano anual de treinamento?

É claro que não iríamos deixar de montar uma estrutura completinha para te ajudar na montagem de um plano anual de treinamento para sua empresa! Olha só essas dicas:

Faça um diagnóstico dos problemas

Todo plano precisa de uma direção inicial, não é? E é claro que aqui não seria diferente.

Então, pra começar, faça um levantamento histórico das necessidades de T&D da sua empresa.

Isso te ajudará, como diretor(a) do setor, a identificar os problemas e as necessidades mais persistentes, facilitando o direcionamento das capacitações e dos treinamentos futuros.

Defina os treinamentos a serem desenvolvidos

Nessa etapa você deve se perguntar: ok, com base nos problemas que levantei, quais treinamentos corporativos devo criar para tentar resolvê-los?

Mas aqui é importante te contar uma coisa: nem todos os problemas ou gaps de competência identificados serão tratados através de capacitação e treinamento. Preste atenção e defina como abordá-los, ok?

Determine o formato e tempo médio de cada ação

Aqui você deve observar quais as competências e habilidades que vão precisar de mais ou menos tempo. Será que é necessário um curso? Será que devo montar uma trilha de aprendizado? Qual tipo de treinamento devo utilizar?

Enxergando com clareza quais são os gaps de competência e problemas mais latentes, sua equipe de T&D poderá planejar e desenvolver os treinamentos mais indicados para cada realidade, elaborando um cronograma eficaz.

Nesse ponto você já deve ter observado o quanto um bom ecossistema digital para a criação e desenvolvimento de treinamentos é vital para o sucesso do plano anual de treinamentos.

Então, se você realizar os seus treinamentos digitais através de uma plataforma LMS ou LXP, você tem a capacidade de aumentar o engajamento e a motivação dos seus colaboradores durante o período da capacitação.

Esse é um ponto importante para que o plano de treinamentos dê certo, concorda?

Como os planos de treinamento preparam os colaboradores para cargos vitais, é essencial que a sua capacitação seja de ponta.

Orçamento

A última etapa, que não pode faltar de jeito algum, é fazer um levantamento dos gastos que serão necessários para a realização de cada treinamento e capacitação de colaboradores dentro do plano anual.

É bastante trabalhoso? Sim! Mas extremamente necessário.

E se você apostar em treinamentos digitais, você conseguirá fazer mais, utilizando menos gastos, a começar pelo fato de não ser necessário um espaço físico e nem o deslocamento de colaboradores.

Por isso, invista numa plataforma de capacitação que ainda entrega opções de monitoramento, avaliação de treinamento, análise e avaliação de desempenho, isso facilitará (e muito!) sua vida.

Plano anual de treinamento na prática

Você seguiu todos os passos acima e finalmente concluiu o seu plano anual de treinamento. Agora como começar a colocar a mão na massa?

Procure deixar comentários ao longo do documento, detalhando os objetivos e as trilhas de aprendizado. Além disso, liste quais serão os materiais e recursos necessários para cada etapa.

Foque no seguinte:

  • público-alvo;
  • quais ações deverão ser empreendidas;
  • qual será o valor de cada treinamento;
  • quem irá ministrar a capacitação;
  • como serão avaliados os resultados.

Tendo em mãos todas essas informações, não haverá erros, concorda?

Gostou do nosso conteúdo?

Na Keeps, desenvolvemos soluções inovadoras para Educação Corporativa, sempre com o objetivo de desenvolver e impulsionar conhecimento.

Nossas plataformas são criadas para proporcionar a melhor experiência possível para o usuário, sendo bastantes clara, intuitivas, interativas e de fácil manuseio. Ou seja, a criação de cursos, a gestão e avaliação são sempre eficazes e essenciais para que seus programas de treinamento e seu Plano Anual de Treinamento sejam realizados com garantia e eficiência!

Faça um teste grátis da LXP da Keeps e descubra como o Konquest, o GameUp e o SmartZap estão ajudando a transformar os processos de treinamento na Educação Corporativa.

Perguntas frequentes sobre Plano Anual de Treinamento (PAT):

O que é um Plano Anual de Treinamento?

O Plano Anual de Treinamento, também conhecido como PAT, é uma ferramenta importante para que a empresa seja capaz de mapear seus programas de capacitação e cursos relevantes para que os seus colaboradores evoluam tanto suas competências quanto suas habilidades, sempre focado em atingir as metas estipuladas.

Como elaborar um Plano Anual de Treinamento?

Deve ser observado o seguinte:

1. Faça um diagnóstico dos problemas: problemáticas pontuais encontrados nas equipes e que podem ser sanadas através de treinamentos e desenvolvimento.
2. Defina os treinamentos a serem desenvolvidos: quais das necessidades encontradas são pontuais e podem ser melhoradas, verificando inclusive se para isso é preciso uma ação de longo, médio ou curto prazo, com etapas de treinamentos e desenvolvimento bem definidas.
3. Determine o formato e tempo médio de cada ação: é preciso definir qual o formato de cada um dos treinamentos e como serão distribuídos ao longo do ano.
4. Orçamento: essencial para que todo o planejamento de treinamento e desenvolvimento profissional aconteça e seja realizado com o melhor custo-benefício possível.

Lilian Pamela
Possui formação em Gestão de Recursos Humanos, responsável pelo RH da Keeps, atuando como Analista de Recursos Humanos, Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Humano e Organizacional. Entusiasta de temáticas e aplicações sobre T&D.
Continue sua pesquisa
Pesquisar

Está com alguma dúvida? ENTRE EM CONTATO COM A GENTE!

Relacionados

Converse com nossos especialistas

Descubra como nossa plataforma pode transformar sua equipe e impulsionar o crescimento da sua empresa. Agende agora uma demonstração exclusiva e veja como podemos lhe ajudar: