keeps logo
Desenvolvendo e impulsionando conhecimento

Treinamento Corporativo: importância e como desenvolver

Início » T&D » Treinamento Corporativo: importância e como desenvolver

Investir na capacitação de colaboradores é uma ação fundamental para uma empresa alcançar mais resultados e ainda se manter competitiva no mercado. Para atingir esse objetivo é necessário colocar o treinamento corporativo em prática, desenvolvendo habilidades específicas de todos da empresa, garantindo que ambos tenham preparo adequado para lidar com os objetivos da organização. Explicaremos neste artigo todos os passos para você elaborar um treinamento corporativo bem estruturado, além das principais vantagens dessa prática. Confira mais detalhes a seguir!

O que é treinamento corporativo?

Treinamento corporativo é uma estratégia adotada por empresas para melhorar as competências técnicas e comportamentais de seus colaboradores.

Isso impacta diretamente na produtividade e qualidade do trabalho das equipes, alcançando inúmeros resultados.

O treinamento corporativo pode ser adotado em todas as áreas de um negócio e serve tanto para educar os funcionários em questões específicas de seus cargos, como também para transmitir a cultura organizacional, aumentar seu engajamento com a empresa e desenvolver habilidades subjetivas.

Além disso, essa ferramenta pode ser essencial para preparar algum colaborador a assumir uma posição de liderança e ser um líder mais eficiente e humano – consequentemente, despertando o melhor de sua equipe.

Devido a todos esses motivos, o treinamento corporativo tem sido implementado por muitas empresas de todos os portes e segmentos e não deve ser confundido com a Educação corporativa, do qual o primeiro é parte.

Quais os benefícios do treinamento corporativo?

Montar uma equipe com profissionais que realmente fazem a diferença é um dos maiores desejos e desafios de qualquer organização.

Para observar os inúmeros benefícios do treinamento corporativo de forma clara, fizemos uma lista completa neste tópico, que com certeza apresentará motivos suficientes para o setor de RH querer implementar esse tipo de treinamento.

  • Melhoria no clima organizacional;
  • Aumento da Produtividade;
  • Colaboradores mais confiantes;
  • Fortalecimento da cultura organizacional;
  • Redução da rotatividade.

Qual a importância do treinamento corporativo?

O treinamento corporativo é importante para fortalecer a gestão de pessoas, capacitando os colaboradores e os ajudando a despertar habilidades importantes com maestria.

Esses cursos colaboram não apenas com o desenvolvimento do profissional que participa da qualificação, mas também trazem benefícios para o negócio, como listamos acima.

Colaboradores bem capacitados costumam ter uma melhor performance no ambiente de trabalho, impactando diretamente nos resultados da empresa.

Agora que já conhecemos os benefícios e a importância de um treinamento corporativo, vamos aprender como estruturá-lo? Mais detalhes no tópico abaixo!

Como estruturar treinamentos corporativos?

Para se obter excelência dentro de um ambiente empresarial, é necessário estruturar muito bem um treinamento corporativo.

Neste sentido, nós separamos um passo a passo de sucesso que pode te ajudar com esta questão, acompanhe!

Como estruturar treinamentos corporativos?

Planejamento

O primeiro passo para montar um bom treinamento corporativo é o planejamento.

Nessa primeira etapa, é preciso fazer um estudo aprofundado sobre os profissionais que receberão o curso, avaliando suas fraquezas, obstáculos diários e o que pode ser feito para desenvolvê-los.

Isso vai ajudar a definir o programa de aulas, seu conteúdo e a melhor abordagem para se comunicar com o público em questão.

Além disso, analisar o cenário da empresa também é importante.

Afinal, quais resultados a organização precisa atingir? Que tipo de profissionais serão necessários? Líderes em potencial? Especialistas em um novo software?

Como vimos, as possibilidades são muitas, por isso é importante realizar essa etapa com calma para não deixar nenhuma informação de lado.

Definição de objetivos

Após identificar as necessidades no planejamento, é preciso definir quais são os objetivos do treinamento.

Lembrando que, essas metas devem ser específicas e mensuráveis, com prazos bem demarcados para a sua realização.

Além disso, é importante que esses objetivos sejam alcançáveis e, ao mesmo tempo, desafiadores.

Afinal de contas, se as metas forem impossíveis de cumprir, as equipes podem ficar frustradas e desmotivadas. Por outro lado, uma exigência baixa demais pode estagnar o crescimento dos profissionais e da organização.

Defina com cautela para ter um treinamento corporativo bem-sucedido.

Elaboração do treinamento

Com os objetivos traçados, é hora de colocar a mão na massa e elaborar o conteúdo do treinamento.

Os planos de aula devem abordar temas relevantes e ser organizado de maneira que facilite o aprendizado.

O formato do curso também vai depender muito do poder de investimento da empresa e do tipo de conhecimento que será construído.

Muitas companhias ainda adotam aulas mais tradicionais, que normalmente são presenciais e expositivas.

No entanto, vale a pena investir em cursos online, com materiais em vídeo, texto e áudio, que podem ser acessados quando e onde o aluno quiser por meio de uma plataforma virtual.

Deixar os colaboradores à vontade com os treinamentos é fundamental para um aprendizado de sucesso.

Aquisição dos recursos necessários

A última etapa antes de colocar o treinamento em prática é adquirir os recursos necessários para a sua realização.

Se você optou por uma aula expositiva, por exemplo, precisará de uma sala, projetor, computador, telão, cadeiras e coffee break para os participantes.

Caso o treinamento seja online, as demandas estruturais são menores, mas será necessário contratar uma empresa de confiança para criar e administrar a plataforma digital.

Além dos recursos físicos e virtuais, é essencial escolher bons tutores, sejam eles de dentro ou de fora da empresa.

Execução do treinamento

A execução do treinamento corporativo começa muito antes da primeira aula, ainda com a divulgação.

Não adianta elaborar o curso corporativo mais completo do mercado, se os colaboradores não se interessarem por ele.

Nesse sentido, use as mídias da empresa, como e-mail, intranet e mural de avisos, a seu favor para explicar aos colaboradores a importância e a relevância do treinamento para suas carreiras.

Quando o dia chegar, basta colocar em prática todo o planejamento traçado previamente e utilizando as ferramentas e metodologias mais diversas possíveis, como a gamificação.

Mensuração dos resultados e feedback

Aplicar uma prova final é uma boa maneira de verificar o aprendizado do colaborador em um primeiro momento.

Os resultados reais serão vistos na prática, por isso, confira de perto o desempenho da equipe após as aulas e avalie se o treinamento surtiu efeito no dia a dia de trabalho.

Além disso, obter o feedback dos participantes sobre o treinamento corporativo também é fundamental.

Dessa forma, além de ser avaliado por seu desempenho, o colaborador também tem a chance de expor suas opiniões sobre as aulas.

E, a partir disso, é possível fazer ajustes e oferecer treinamentos ainda melhores no futuro.

Qual o papel do RH na criação do treinamento corporativo?

A criação de um treinamento corporativo, na maioria das companhias, é função da equipe de recursos humanos.

Isso ocorre porque são esses profissionais que conseguem ter uma visão mais ampla sobre as reais necessidades da empresa.

São eles que recebem os feedbacks, tanto dos gestores quanto dos demais colaboradores, sendo assim, a estratégia para melhoria e desenvolvimento de pessoas deve partir do RH. 

Para finalizar, saiba que todo o planejamento, criação de calendário e mensuração dos resultados faz parte das atividades dos profissionais de RH.

Conclusão

Agora que você já sabe como elaborar um treinamento corporativo estruturado, basta colocar em prática as dicas apresentadas neste artigo.

Revise o texto quantas vezes forem necessárias, faça um bom planejamento e mãos à obra. Considere também contratar uma empresa especializada no assunto. Com isso, você conseguirá reduzir erros e atingir seus objetivos de forma muito mais rápida.

Soluções da Keeps para Treinamentos Corporativos:

Atualmente, a Keeps desenvolve diferentes tecnologias LXP inovadoras, pensando soluções incrivelmente acessíveis para auxiliar gestores e empresas nas ações de treinamento e desenvolvimento (T&D). Confira a seguir:

Konquest

O Konquest é uma ferramenta completa e sofisticada para Educação Corporativa. Em outras palavras, o Konquest tem por objetivo promover um ambiente de aprendizado digital, que simplifica a autoria e estimula o social learning. 

Tudo dentro de uma robusta plataforma LXP, a qual permite a obtenção de dados ainda mais detalhados, além de outros recursos específicos e personalizados.

GameUp

O GameUp é um Blended learning a qualquer hora, na palma da mão. Isto é, um app simples e interativo, voltado à Educação Corporativa. O formato de Quiz, torna o aprendizado lúdico e interessante, pois remete a um game de celular com interface personalizada e conteúdo acessível. 

SmartZap

O SmartZap se relaciona diretamente com os seus usuários. Ele facilita a retenção do conhecimento com microlearning no próprio WhatsApp. Isso fomenta a interação e incentiva o engajamento, uma vez que, os colaboradores dominam o recurso utilizado. 

Assim, conteúdos e informações são compartilhados de modo prático. O que diminui a resistência e melhora a comunicação. Ainda aproxima as relações de trabalho e promove o active learning.

Perguntas frequentes sobre Treinamentos Corporativos:

O que é um Treinamento Corporativo?

O Treinamento Corporativo é um método de treinamento empresarial através do qual as habilidades dos colaboradores são otimizadas de acordo com seu trabalho e a função que desempenha na empresa. Esse tipo de treinamento é realizado através de aulas e práticas que focam nas metas a serem alcançadas pela empresa.

Quais os benefícios de um Treinamento Corporativo?

– Otimização clima organizacional;
– Melhoria da Produtividade;
– Colaboradores mais seguros;
– Cultura organizacional mais eficaz;
– Diminuição da rotatividade.

Lilian Pamela
Possui formação em Gestão de Recursos Humanos, responsável pelo RH da Keeps, atuando como Analista de Recursos Humanos, Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Humano e Organizacional. Entusiasta de temáticas e aplicações sobre T&D.
Continue sua pesquisa
Pesquisar

Está com alguma dúvida? ENTRE EM CONTATO COM A GENTE!

Relacionados

Converse com nossos especialistas

Descubra como nossa plataforma pode transformar sua equipe e impulsionar o crescimento da sua empresa. Agende agora uma demonstração exclusiva e veja como podemos lhe ajudar: