RH 4.0 e o uso da tecnologia na gestão de pessoas
Início » RH » RH 4.0 e o uso da tecnologia na gestão de pessoas

Sem tempo para ler?

RH 4.0

Com a Revolução Industrial 4.0 — marco do desenvolvimento de novas tecnologias que impactou diretamente a sociedade em geral —, a área de Recursos Humanos foi uma das áreas diretamente atualizadas, gerando, em decorrência, um novo modelo de gestão, chamado de RH 4.0. Neste artigo, explanaremos pontos importantes acerca desta nova abordagem.

O que é RH 4.0?

RH 4.0 é o novo papel da gestão de pessoas. Diz respeito à utilização de habilidades e ferramentas da atualidade na gestão de pessoas, com foco na tecnologia, que é utilizada na elaboração de equipes, na implantação de uma cultura organizacional coerente às expectativas da empresa e na robotização dos protocolos e rotinas. Essa gestão visa a melhoria corporativa, somatizando valores nos processos negociais. Esse perfil de RH assume nova responsabilidades e contabiliza a evolução, a prática e desempenho do colaborador.

Universidade Corporativa

Qual o significado de RH? RH é uma sigla para Recursos Humanos, significa a reunião de todas as pessoas da empresa, cuja administração é realizada pelo setor de gestão de pessoas.

Pilares do RH 4.0

O RH 4.0 é sustentado por três pilares:

Pilares do RH 4.0

Tecnologia

É a ferramenta essencial do RH 4.0, aplicada de forma a flexibilizar a relação entre os colaboradores e a corporação, buscando a satisfação de ambas as partes. A tecnologia é utilizada nas mais variadas vertentes, como na área de Treinamento e Desenvolvimento (T&D), Educação Corporativa, , Tecnologia de Gestão, na automatização de processos de seleção etc.

A tecnologia é o pilar da nova atuação do RH 4.0 que fará a automação dos processos através de softwares.

Estratégia

A tecnologia não pode ser utilizada sozinha, devendo ser integrada ao planejamento estratégico da empresa, por exemplo, com a utilização de plataformas para otimizar processos e acelerar treinamentos. O foco aqui está nos resultados e na concepção de um RH Ágil, eficiente e que ofereça simplicidade e objetividade nas tomadas de decisão.

Gestão comportamental

Com a tecnologia estrategicamente aplicada ao RH, é possível também fazer uma gestão comportamental mais efetiva, alinhada às competências organizacionais necessárias aos colaboradores para o seu pleno desenvolvimento pessoal e profissional. O uso de plataformas corporativas auxilia na gestão e avaliação dos resultados, ao mesmo tempo em que preza pelos valores da empresa e por um bom clima nas organizações.

Esses três pilares, uma vez alinhados, são essenciais para a expansão de um negócio mais competitivo.

RH 4.0

Diferenças entre o RH 4.0 e o RH tradicional

O RH 4.0 é cada vez mais imprescindível quando falamos em estratégias de negócio, gestão de pessoas, capacitação, habilidades e demais modos de inovações trabalhistas.

O setor dos recursos humanos começa a focar muito mais em gestão de pessoas, fazendo o direcionamento de todas as deliberações sistemáticas levando em conta o gerenciamento dos colaboradores.

Com essas mudanças, situações como acúmulos de documentos, necessidade de preenchimento de formulários e demais formas de manuseio serão menos utilizadas, quase inexistentes.

A maior diferença existente em o RH 4.0 e o RH tradicional será o foco 100% estratégico existente no primeiro.

O que vai mudar com o RH 4.0?

Tecnologia

No RH 4.0, as inovações ocupam todos os espaços, pois as tecnologias da indústria 4.0 serão cada vez mais utilizadas. Mas de que modo?

De modo que a empresa consiga montar um RH autônomo, com inteligências artificiais conectando projetos e dando melhorando ações como programas de recrutamento e admissão, onboarding etc.

Inovações continuadas

Por inovação entendemos como uma mudança, uma reinvenção ou uma melhoria daquilo que já funciona. Nesse caso, o RH 4.0 se propõe a descobrir novos métodos de trabalho, sempre visando meios de facilitar as demandas e utilizar as metodologias existentes.

Inovar no RH será, portanto, algo cada vez mais fundamental, fazendo parte da lista de qualificações essenciais. A partir de então, novas incumbências farão parte das melhorias implementadas, redirecionando as performances do setor, mudando as estratégias e readaptando àquilo que o mercado pede.

Valorização dos dados

Não é algo usual, na gestão de pessoas, a geração e utilização de dados para direcionar o trabalho realizado pelo setor. Aqui, mais uma vez, a tecnologia no RH aparece fazendo seu papel de melhoria.

Graças à indústria 4.0, o RH conseguirá reunir todos os dados através de uma coleta e análise eficazes que ajudarão a selecionar e agregar todas as referências, montando um compilado de dados importantes.

Todos esses dados ajudarão a entender o desempenho dos colaboradores, demonstrando, por exemplo, o que precisa ser modificado para que o colaborador apresente melhores resultados.

A geração de dados apresenta um grande número de oportunidades e perspectivas para o RH 4.0.

Mais estratégias e menos operações

O trabalho operacional, atualmente, é um dos grandes problemas que o RH tradicional enfrenta. Tentar implementar um sistema 100% digital é uma dificuldade ainda não solucionada pelos setores de RH da maioria das empresas.

Portanto, com o RH 4.0 e a adoção de estratégias tecnológicas, o setor será cada vez menos burocrático, ou seja, diminuirá o número de atividades reiteradas e abrirá espaço para dar atenção ao que de fato conta para o setor: a gestão de pessoas.

Com a gestão 4.0 e essas mudanças, o trabalho poderá ter foco no alcance de objetivos e metas, com os colaboradores finalmente assumindo o foco do setor.

E quais as principais tendências do RH 4.0?

Redução do tempo de trabalho

Estudos administrativos realizados ao longo dos anos identificaram que, para realizar um trabalho, o indivíduo levará o tempo que a empresa destinar para aquela conclusão. Por exemplo, se o trabalho tiver prazo de um dia, a pessoa levará um dia para fazê-lo. Todavia, se o prazo for de três meses, certamente será usado todo o período de três meses. Se esse período de tempo for reduzido, os colaboradores apresentarão maior produtividade, dando maior atenção e urgência às tarefas.

Com o avanço tecnológico do RH 4.0, as produções levarão menos tempo, o que ajudará o colaborar a permanecer por um menor período na empresa.

Uso de recursos online

Ferramentas de gestão comportamental de pessoas em meios digitais unem-se aos meios físicos e possibilita que o RH esteja sempre conectado, utilizando a Internet para acompanhar o desenvolvimento da empresa em suas diversas áreas.

Novos perfis de funcionários

Entrevistas e demais formas de seleção e recrutamento podem partir de um processo de análise de perfis que melhor conversem com as expectativas da empresa. A divulgação de vagas, por exemplo, com o auxílio de ferramentas digitais, pode afunilar o processo, trazendo funcionários que correspondam às características iniciais esperadas, definindo quem fará parte das próximas etapas da seleção.

Através da tecnologia, o trabalho remoto passa a ser uma opção e uma possibilidade, admitindo digitalmente colaboradores que residam em outras regiões ao redor do mundo.

Descentralização da gestão

Com a descentralização do RH, o colaborador assume a responsabilidade sobre suas produções, pois a tecnologia utilizada na empresa permite a autonomia na sua rotina laborativa, de modo que é desnecessário se reportar o tempo todo aos gestores, respondendo apenas de acordo com aquilo que realiza.

Desafios do RH 4.0

Como toda transformação, alguns desafios aparecem, entre eles:

Romper paradigmas

Os métodos tradicionais estão sendo desbloqueados, havendo uma ruptura dos processos convencionais e alinhando-se às tecnologias atuais.

Desenvolver uma gestão conectada

Lidar com diferentes gerações é uma realidade entre os colaboradores de qualquer empresa, portanto, é necessário que haja um setor da corporação responsável pela capacitação e orientação diante das mudanças tecnológicas que surgem. Através de treinamentos, as ferramentas serão manuseada e o benefício será evidente em todos os setores.

Adaptar aos novos métodos de trabalhos

Esta é uma necessidade cada vez mais constante no mercado de trabalho atual. A prática de home office e trabalhos remotos já são apontados como fontes de melhorias trabalhistas nas empresas.

Quais os benefícios do RH 4.0?

O processo de automação que acontece nas empresas após a revolução 4.0 colabora para a otimização do trabalho, através de apostas positivas no processo de renovação, como por exemplo:

  • Redução de burocracias, uma vez que o trabalho pode ser simplificado e inclusive realizado à distância.
  • Automatização de procedimentos, como geração detalhada de relatórios etc.
  • Menos trabalhos repetitivos, com o tempo e os recursos melhores aproveitados pelos gestores e colaboradores.
  • Otimização da comunicação, através do suporte das novas ferramentas, integrando comunicação e eficiência aos relacionamentos.
  • Melhoria da produtividade, com a facilitação de dinâmicas no ambiente organizacional, prezando pela satisfação e engajamento dos colaboradores.
  • Assertividade nas contratações, posto que as tecnologias ajudam a afunilar o processo de contratação, alinhando-se às expectativas da corporação.
  • Flexibilidade, através do desenvolvimento de softwares facilitadores e suportes de gestão online e remoto etc.

Como implementar um RH 4.0 na sua empresa

Agora que você chegou até aqui, mesmo que ainda não possua as ferramentas necessárias, é possível planejar alguns comportamentos e atitudes para migrar o RH tradicional para o RH 4.0. A seguir, compartilharemos algumas dicas para iniciar esse processo:

Evolua sua liderança para as demandas tecnológicas

O RH 4.0, como já explanado, necessita de demandas sobre conhecimentos digitais e tecnológicos. Mas, é claro, não podem ficar de fora as habilidades humanas, a capacidade de liderar e ser empático com os seus colaboradores.

Por esse motivo, as lideranças organizacionais devem evoluir junto às transições digitais. Os líderes de uma empresa não ocupam apenas o papel de gestores, mas são também responsáveis pelos valores e cultura corporativos.

Sempre que a cultura organizacional é validada, os líderes aparecem auxiliando os colabores na sua evolução, direcionando cada setor de acordo com seus desígnios, ajudando as equipes com o recrutamento, treinamento e demais diversidades.

O RH 4.0 não fará mais o papel de setor responsável apenas pela contratação de novos colaboradores, mas acompanhará a evolução da empresa avaliando critérios diversificados, tais como: valores, cultura, objetivos etc.

Utilize o mindset

O mindset, também chamado de modelo mental, diz respeito ao modo como nosso intelecto está acostumado a pensar acerca de informações variadas.

Em se tratando de RH, é bastante comum que exista um mindset onde é aplicada a máxima: qualquer mudança tecnológica ou reinvenção existente vai impactar diretamente na demanda de empregos, que será cada vez menor.

Por conta de pensamentos desse tipo, muitos setores dentro das empresas não evoluem. Ficar preso dentro desses raciocínios é um retrocesso. Por isso é necessário que o RH 4.0 seja implementado, levando novos mindsets aos colaboradores, com atenção voltada para inovações e aprendizados, possibilitando que os colaboradores encontrem novas rotas e elabore as alterações que julgar importantes para o setor.

Valorize a vivência dos colaboradores

Atualmente, os indivíduos procuram o mercado de trabalho buscando empresas com objetivos que estejam conectados aos seus valores, que entreguem algum significado importante.

No RH 4.0, o método de trabalho tradicional precisará ser readaptado, pois o trabalho nem sempre precisa ser presencial e as horas a serem cumpridas não precisam seguir uma sequência padrão. A prioridade sempre será o colaborador e a análise de como está sendo aquela vivência, de modo que o feedback seja positivo e a equipe se sinta valorizada.

Quando empresa muda o foco e passa a entender e dar atenção aos seus colaboradores, visando o bem-estar e a boa experiência de trabalho, o resultado final será sempre positivo, com melhoria na performance e no desempenho geral da equipe.

Aperfeiçoe a tecnologia RH 4.0

A tecnologia é o futuro, portanto, todas as metodologias inovadoras possíveis devem ser trazidas para melhorar o setor. Como a equipe evolui diante do tempo e das tecnologias existentes? Buscando, por exemplo, softwares integrativos, plataformas de aprendizagem, tudo aquilo que for válido para a boa experiência dos colaboradores a serem recrutados, bem como dos próprios recrutadores.

Não utilizar procedimentos manuais e enfadonhos na seleção de currículos, buscar estratégias que entreguem celeridade e evolução ao setor, desenvolver ferramentas que já são utilizadas integrando-as às tecnologias 4.0, tudo isso ajuda a trazer o futuro para o presente organizacional.

Portanto, aproveite o agora para impulsionar sua empresa. Foque na indústria 4.0 e impulsione a gestão de pessoas e o RH.

A Educação 4.0 no RH 4.0 da Indústria 4.0!

A tecnologia é cada vez mais responsável por novos padrões de produção e gestão, dentro da indústria 4.0. O RH 4.0 veio, portanto, para que a empresa esteja sempre apta aos novos modelos de gestão. Todavia, nesse novo modelo de RH, o uso da tecnologia não fica restrito às ferramentas para ajudar na seleção de talentos, por exemplo.

Hoje em dia, é fundamental que haja um planejamento estratégico que foque em ações de Treinamento e Desenvolvimento (T&D) dos colaboradores. Assim, a Educação 4.0 surge para suprir as lacunas de ensino-aprendizagem decorrentes da inovação tecnológica. Basicamente, porque à medida que as profissões mudam e mão-de-obra fica cada vez mais especializada, a educação também evolui e se adapta para atender às novas demandas sociais e do mercado de trabalho.

Podcast “Go Learning”

Quer saber mais sobre o assunto de uma forma leve e descontraída? Acesse o nosso Podcast “Go Learning”. No episódio abaixo, tivemos um bate-papo com Cláudia Quintas, Head of People na Faster, com o tema “O desafio da digitalização do RH em meio à pandemia”. Como o RH 4.0 atua em meio a essa transição? Ficou curioso? É só escutar! Aproveite e siga também o podcast “Go Learning” para mais conteúdos sobre RH!

Soluções da Keeps para T&D e RH!

Keeps desenvolve tecnologias LXP inovadoras, que são ideais para empresas que pensam em investir na implementação de um RH 4.0. Na área de T&D, a LXP é a solução adequada para auxiliar as lideranças no planejamento das ações de Educação Corporativa, na gestão do conhecimento e na avaliação dos resultados.

Veja a seguir:

Konquest Keeps

Konquest combina a facilidade na criação de cursos com a leveza da usabilidade para o aprendizado. É possível transformar qualquer objeto de aprendizagem em conhecimento, de uma maneira simples e ágil para criar cursos com todos os tipos de conteúdo.

O ensino personalizado do Konquest identifica o perfil dos colaboradores no consumo dos conhecimentos, a fim de oferecer dicas e recomendações sob medida. Desse modo, é possível transmitir e entregar o conhecimento no formato que as pessoas mais interagem.

GameUp Keeps

GameUp oferece capacitação com alto índice de engajamento, uso e aprendizado. Nos treinamentos gamificados, as necessidades de ensino são transformadas em propostas de aprendizagem que desafiam e ensinam ao mesmo tempo. Os colaboradores são convidados a testarem seus conhecimentos num formato engajador de ensino e aprendizagem. Tudo com feedbacks instantâneos, design intuitivo e conteúdo acessível, na palma da mão.

SmartZap Keeps

Com o SmartZap é possível descomplicar treinamentos através de uma experiência de aprendizagem engajadora, rápida e simples pelo WhatsApp!

É possível criar minicursos com todos os tipos de conteúdo, de modo simples e ágil, oferecendo liberdade total para os usuários, disponibilizando treinamentos na palma da mão. Portanto, no SmartZap, o colaborador recebe o curso no próprio WhatsApp, tendo a liberdade para evoluir conforme seu ritmo, rotina de trabalho e engajamento.

Solicite uma demonstração gratuita das soluções da Keeps e traga o seu time para o mundo 4.0!

Contato

Relacionados