Entre em contato: +55 (48) 99169-2112

Capital intelectual nas empresas: o que é e porque investir!

 Por: |  Publicado em 19/07/2021 |  Atualizado em 11/10/2021 |  Tempo de leitura 7 minutos

Capital intelectual

O que é capital intelectual?

Na era digital, estamos em constante mudança e atualização. Uma revolução tão profunda na forma como vivemos, que ainda não terminou de ser implementada. E nem se sabe quando será, porque nem mesmo atingimos um platô de inovação tecnológica.

Então, se você acha que já aprendeu demais e viveu muitas mudança nessa vida, veja bem: ainda há muito caminho pela frente.

Basta pensar, por exemplo, na iminência da implantação do 5G e no impacto que isso vai trazer em todos os setores da sociedade. De modo que, muitas coisas que até pouco tempo sequer existiam, em breve, serão necessidades básicas da nossa rotina. Isso não é diferente nas empresas, onde o mercado está em constante busca por evolução.

Atualmente, com o alto nível de competitividade, destacam-se aqueles que conseguem se adaptar melhor às mudanças, aliando isso à performance, inovação e diferencial de mercado.

Assim, o capital intelectual, no mundo da Indústria 4.0 e, por consequência, da Educação 4.0, é um bem cada vez mais valioso para as empresas. Porque, se por um lado muitos processos são automatizados ou auxiliados pela tecnologia, por outro, o nível de formação e especialização dos colaboradores que exercerão as novas funções também será mais elevado.

Diante desse cenário, em que muitas vezes o maior desafio é encontrar pessoal qualificado, muitas empresas têm investido em ações de Treinamento e Desenvolvimento (T&D), até mesmo, com a implementação de Universidades Corporativas.

Neste post, iremos trabalhar os conceitos básicos relacionados ao capital intelectual de uma empresa. Apresentaremos os fatores essenciais para o desenvolvimento dos colaboradores e os motivos-chave para integrar o capital intelectual aos objetivos estratégicos do programa de treinamento.

O que é capital intelectual?

Dentro de uma empresa, o capital intelectual consiste, basicamente, na soma dos conhecimentos de todos os colaboradores. Isto é, as habilidades, competências, comportamentos e atitudes de cada um. Atualmente, a procura por este ativo está cada vez maior, pois, com o gerenciamento do capital intelectual, a eficiência e autonomia dos colaboradores são direcionadas à busca pelos resultados.

Nesse sentido, o capital intelectual é desenvolvido nas empresas a partir do investimento em recursos humanos, estrutura e expansão das relações institucionais e com os clientes.

3 Tipos de Capital Intelectual

Quais os 3 tipos de capital intelectual?

Assim, o capital intelectual foi dado como a soma dos conhecimentos, mas quais são os principais processos que norteiam este ativo? Hoje, possuem mais três capitais básicos para a formação deste princípio, são eles: capital interno, capital externo e capital humano.

Capital interno

O capital interno é baseado nos processos, nos sistemas, na automação do trabalho e outras características estruturais ou de suporte tecnológico, na organização e no desempenhar das atividades.

Capital externo

Por sua vez, o capital externo se dá pelo relacionamento institucional e com os clientes. Isto é, a construção da imagem e das relações da empresa, de como ela é vista e avaliada pelo público.

Capital humano

O capital humano representa a soma das capacidades individuais dos colaboradores. Ou seja, suas competências, experiências, habilidades, comportamentos e atitudes.

Por que investir em capital intelectual?

Com o mercado corporativo cada dia mais acirrado, a exigência por inovação e diferencial são crescentes. Mais do que nunca, os processos gerenciais e de liderança, de recrutamento e onboarding, treinamento e desenvolvimento (T&D) dos colaboradores, devem fazer parte de um planejamento integrado de ações das empresas, para um crescimento sustentável, a partir de um bom clima organizacional, identidade de marca e da sua relação com o público.

E se tudo está conectado, em ritmo acelerado e com um público cada vez mais exigente, o que fazer?

Talvez, o primeiro passo seja entender que, tanto os clientes como os colaboradores, já não fazem questão das empresas grandes, mas, sim, das grandes empresas.

A Tecnologia a nosso favor

Por isso, o capital intelectual se torna tão importante para o crescimento das empresas. Seja pela capacitação contínua na busca por inovação e diferencial, seja pelo desenvolvimento e consolidação de uma imagem positiva no mercado. Com as tecnologias a nosso favor, é possível evoluir rapidamente o capital intelectual de uma empresa, a partir da educação continuada e programas de T&D. Sem precisar recorrer a consultorias especializadas ou contratação de novos colaboradores.

Essa possibilidade tem levado muitas empresas a implementarem Universidades Corporativas, com objetivo de desenvolver em casa os seus próprios talentos e diferenciais. O que, não por acaso, também é um grande ativo na hora de atrair os melhores profissionais.

Conclusão: as empresas que mais investem em capital intelectual tendem a atrair os profissionais que mais buscam se desenvolver. Estes, por sua vez, costumam estar entre os profissionais mais capacitados. Então cria-se um ciclo virtuoso em que as melhores empresas ajudam os melhores profissionais a serem ainda melhores, ou vice-versa.

Em termos práticos, podemos dizer, por exemplo, que o investimento em capital intelectual ajuda a diminuir a rotatividade de quadro, uma vez que os colaboradores se sentem mais valorizados, pertencentes e integrados ao processos, equipe e cultura organizacional.

Estamos em um período de grande consciência sobre a importância da saúde psicológica, da segurança no trabalho e de um ambiente organizacional propício para colaboração, engajamento e desenvolvimento profissional.

Como fazer a gestão do capital intelectual?

Já sabemos porque investir e qual a importância deste dentro do ambiente de trabalho. Mas como podemos fazer para a valorização do capital intelectual de uma organização?

Com a evolução tecnológica e o desenvolvimento das metodologias ativas de aprendizagem, a Educação Corporativa e as plataformas de aprendizagem se tornaram grandes alternativas para valorizar o capital intelectual da sua empresa. Tanto através do capital interno, externo, quanto do capital humano.

Podemos dizer, portanto, que o investimento em ações de T&D e educação continuada deve entrar no radar de gestores e empresas que ainda não tenham se movimentado nesse sentido.

E não podemos deixar de lembrar que a relação entre as pessoas continua sendo a melhor forma de transmitir o conhecimento. A tecnologia é um elo, mas a interação das pessoas é que traz o sentido a tudo que ensinamos e aprendemos. A comunicação entre experientes e novatos, a colaboração, a proatividade, a capacidade de resolver problemas em equipe, são fatores que sempre irão contribuir para o desenvolvimento do capital intelectual das empresas.

Soluções da Keeps para Educação Corporativa

Keeps desenvolve tecnologias LXP inovadoras, que são ideais para empresas que pensam em investir no seu capital intelectual. A LXP é a solução adequada para auxiliar as lideranças desde o planejamento das ações de T&D, passando pela gestão do conhecimento, até a avaliação dos resultados de treinamento.

Confira a seguir:

Konquest Konquest 

Konquest combina a facilidade na criação de cursos com a leveza da usabilidade para o aprendizado. É possível transformar qualquer objeto de aprendizagem em conhecimento, de uma maneira simples e ágil para criar cursos com todos os tipos de conteúdo.

O ensino personalizado do Konquest identifica o perfil dos colaboradores no consumo dos conhecimentos, a fim de oferecer dicas e recomendações sob medida. Desse modo, é possível transmitir e entregar o conhecimento no formato que as pessoas mais interagem.

GameUp GameUp

GameUp oferece capacitação com alto índice de engajamento, uso e aprendizado. Nos treinamentos gamificados, as necessidades de capacitação são transformadas em propostas de aprendizagem que desafiam e ensinam ao mesmo tempo. Os colaboradores são convidados a testarem seus conhecimentos num formato engajador de ensino e aprendizagem. Tudo com feedbacks instantâneos, design intuitivo e conteúdo acessível, na palma da mão.

SmartZap SmartZap

Com o SmartZap é possível descomplicar treinamentos através de uma experiência de aprendizagem engajadora, rápida e simples pelo WhatsApp!

É possível criar minicursos com todos os tipos de conteúdo, de modo simples e ágil, oferecendo liberdade total para os usuários, disponibilizando treinamentos na palma da mão. Portanto, no SmartZap, o colaborador recebe o curso no próprio WhatsApp, tendo a liberdade para evoluir conforme seu ritmo, rotina de trabalho e engajamento.

Solicite uma demonstração gratuita da LXP da Keeps e você estará a um passo de desenvolver o capital intelectual da sua empresa!

Venha conhecer nossas soluções.

Relacionados

Deixe o seu contato para a nossa newsletter!

Deixe o seu contato para a nossa newsletter!

Todo mês temos um conteúdo exclusivo para você.

Muito obrigado!

×